10 de jun de 2007

Irreplaceable

Domingão pra mim sempre foi dia de família e futebol, pré-adolescente então não desgrudava o olho das corridas de F1, nem preciso dizer o impacto que foi assistir ao vivo aquele acidente com o Senna! Pela primeira vez um triste silêncio tomou conta daquele almoço de domingo quebrado apenas pelo choro, as vezes da minha mãe outras meu mesmo. Perdi o prazer em acompanhar corridas, nem a empolgação dos meus queridos Marcelos (Tas e Pellegrini) me fizeram acordar mais cedo para ouvir aqueles motores barulhentos novamente.

Pois bem, eis que surge nesta temporada um moleque inglês de apenas 22 anos - que se empolga com Beyoncé e não larga o PlayStation - com uma historia de vida incrível e dando um baile em muita estrela deste circo milionário. Seu nome é Lewis Hamilton, ele nunca esteve no Brasil mais sabe que pode se identificar com a situação em que vivem a maioria das nossas crianças.

Numa entrevista para a Folha de hoje Hamilton se surpreende em ser “a novidade” e num bom mocismo incrível diz: -“...espero que eu possa servir como um bom exemplo para essas crianças e que tome as atitudes certas”.

Hoje Hamilton conquistou seu sexto pódio, um fato inédito até agora na F1, vencendo em primeiro lugar o GP do Canadá na 6ª etapa do Mundial, esta agora com 48 pontos na frente do espanhol Fernando Alonso (40) e do brasileiro Felipe Massa (33).

Acordarei mais cedo aos domingos!

Um comentário:

ER disse...

Então já pode atualizar!

USA!

+ 1

Mesmo carro q o Alonso "Tonto";

Sem conhecer o circuito com uma curva na sétima marcha e logo após um retão, muita velocidade;

Pouca experiência nos carros de F1;

Mesmo assim, não houve Prost, Senna, Michael e ninguém q já tenha conseguido estes números...

xoxo