5 de jul de 2007

Play/Pause/Stop

Tenho umas manias esquisitas mesmo... antes de colocar meu ipod no modo shuffle converso com ele (ou comigo mesmo, vai saber!) às vezes pergunto o que ele vai cantar pra mim, outras faço umas perguntas que me inquietam, tipo: “- Por que eu agi assim naquela hora?”

Aperto o play e lá vem a resposta, uma Nina Simone aqui, um dueto de opera deslocado do contexto ali, outras vezes um roquinho básico pra dizer que a vida é tranqüila e passageira, just enjoy!

Hoje perguntei pro meu 'branquinho' se ele me achava triste e ele respondeu:

“(...) Esse é só o começo do fim da nossa vida
Deixa chegar o sonho, prepara uma avenida
que a gente vai passar (...)
Abre a janela agora, deixa que o sol te veja
É só lembrar que o amor é tão maior
Que estamos sós no céu
Abre as cortinas pra mim
Que eu não me escondo de ninguém
O amor já desvendou nosso lugar
E agora está de bem”
(Los Hermanos/Marcelo Camelo)

Acho que estou bem... 'em eclipse' mas bem.

Nenhum comentário: