1 de out de 2007

Extra! Extra!

A revista "Imprensa" completou em setembro 20 anos nas bancas, trouxe na capa Otávio Frias Filho que em 1987 teve destaque no número de estréia, hoje Frias, que além da Folha de S.Paulo, divide seu tempo escrevendo textos para teatro, já encenou 4 dos 6 textos escritos.

Uma revista que ressuscita o publico GLS é a "Junior", com um ar meio “adolescente” não faz a ousada como a G, mas é ‘fresca’ (em todos os sentidos) o suficiente para concorrer com ela, ainda que sem nudez frontal. É mais fraca que a finada “Sui Generis”, lembram, talvez por contar com uma equipe enxuta falta material mais diversificado para um público tão hedonista e histérico. Salve André Fisher, parabéns e vida longa!

Uma estréia ótima nas bancas é a edição do esquerdista “Le Monde” no Brasil, trata-se do “Diplomatique Brasil”, jornal com edição mensal publicado pelo Instituto Pólis, o exemplar de agosto trouxe uma excelente entrevista com o intelectual americano e enfant terrible Noam Chomsky, já o mês de setembro (que ainda não terminei de ler!) traz uma análise sobre o voto e a América Latina (A Batalha do Voto) e uma reportagem densa sobre o poder da ‘ultra-direita’ americana e seu “esforço deliberado para destruir a democracia social americana” (O Desmonte do Ideal Democrático).
Este artigo, sobre o sistema universitário norte-americano, é o primeiro de uma série de 3, os próximos serão sobre a crise na universidade européia e o último sobre a universidade brasileira. Na próxima semana chega às bancas o exemplar de outubro, veremos.


Nenhum comentário: