24 de nov de 2007

Yes, nós temos "Granta"!

Chegou entre nós a Revista "Granta", de literatura! Já não era sem tempo, Sérgio Augusto no Estadão de hoje resume bem o perfil do leitor brasileiro constatando que "não somos chegados em livro, mas por falta de revistas dedicadas ao gênero não morreremos"! Hehehehe, adorei.

Ele cita a prestigiada "Cult" que já sobrevive há dez anos, juntando-se a revistas 'um pouco mais difíceis' como a "Piauí", por exemplo, e eu acrescentaria outra recente versão brasileira como o "Diplomatique Brasil", que já falei aqui!

Conheci a Granta em sua versão espanhola faz uns dez anos, quando estive em tourné por uns meses lá. Era, como talvez será por aqui, 60% de material traduzido da matriz inglesa e o restante produzido no País, numa destas matérias 'descobri' por exemplo, Martin Amis e assim a revista cumpre seu ciclo, não é?
O número que chega traz a reprodução da edição 97 com "Os Melhores Jovens Escritores Norte-Americanos" (ao lado capa do mesmo número na espanhola), dentre eles você deve ter lido, 'assistido' ou ouvido falar de Jonathan Safran Foer, autor de "Tudo se Ilumina" e "Extremamente Alto & Incrivelmente Perto". O primeiro livro virou filme com o título brasileiro "Uma Vida Iluminada", estréia excelente na direção do ator Liev Schreiber, que contou com o cada vez melhor Elijah Wood. Os dois livros e o filme são fantásticos, o que me faz simplesmente assumir a inveja que sinto do autor! Falei.

Coisa boa, o próximo número da Revista já está sendo preparado e tem lançamento previsto para abril/maio 2008, como nem tudo é perfeito foi encomendado um texto de Arnaldo Jabor, o "pseudo"! Chaissa!

Se joga:
- Granta, 402 páginas, R$47,90 em qualquer livraria/revistaria da cidade, mas já entrou com desconto na Livraria Cultura por R$ 38,32.
- a matéria do Estadão completa, você lê aqui:
http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20071124/not_imp84748,0.php

Nenhum comentário: