31 de jan de 2008

O tempo que resta

Meu amigo e habitué deste espaço Elias Roviello me mandou este video de uma campanha francesa alertando sobre os riscos da Aids (Sidaction Ensemble Contra Le Sida).
Fantástico e sedutor, assim como o sexo sem segurança, tudo é representado numa grande ampulheta de corpos caindo, como o tempo que resta para viver.
Se você domina a lingua francesa o site é esse.
Se joga e use camisinha!

30 de jan de 2008

Menos dois

Republicanos e Democratas americanos tiveram nesta quarta uma baixa de cada lado na corrida por uma vaga pelos seus partidos à candidatura presidencial.
O Democrata e ex-senador John Edwards (ao lado) abre caminho para os favoritos já que não teve fôlego, carisma e prestígio para continuar. Preferiu não arriscar com um fiasco maior na 'super-terça' encerrando a sua participação com um anúncio populista em New Orleans, foi nesta cidade destruída pelo inesquecível furacão Katrina que sua candidatura começou.
A expectativa agora é quem ele vai apoiar, tanto Obama quanto Hillary torcem para si.

Agora surpresa, 'ma non troppo', foi a pálida campanha do ex prefeito de New York, Rudolph Giuliani (ao lado). Acredito que o golpe fatal, antes mesmo da prévia na Flórida, partiu de um editorial do influente NY Times, primeiro apostando em Hillary Clinton com todas as letras depois 'não muito gentil' com sua capitalização em cima da tragédia 11/09.
Giuliani foi bom para New York por muito tempo, foi no seu período como prefeito que a cidade adotou o programa "Tolerância Zero", reduzindo a criminalidade e aumentando o moral dos moradores, foi um programa exemplarmente seguido em diversas outras capitais.

Simpatizava com ele quando tinha a mente aberta, simpatizando com os imigrantes legais ou não, com a comunidade GLBT (até de drag ele se fantasiou!), com os idosos, etc. Ultimamente para ganhar fôlego e votos ele estava se sujeitando a jogar no lixo tudo isso e admitia rever "algumas posições", já que como possível futuro presidente teria de pensar para a Nação e não numa 'cidadezinha'. O resultado foi a 'virada de costas' de um eleitorado que ele dava como certo. Pena, mas serve de lição para os outros.

Vamos ver na super-terça!

O 'cúmulo' do samba!

A vida era mais simples e beeeeeeeeemmm mais divertida!

Só tem uma coisa que me deprime mais do que o Natal e o Ano Novo, é o Carnaval! Começo o meu estoque de ansiolíticos em dezembro e só paro em março, ainda bem que neste ano o ‘bloco da alegria’ acaba antes.

Se São Paulo é o túmulo do samba eu sou o coveiro! Recebi hoje com o meu “Estadão” um encarte especial com tooooodas as letras dos sambas das escolas paulistanas! Acho que por causa do efeito dos tranqüilizantes (têm de tomar antes pra fazer efeito!) li tudinho e parecia que eu estava lendo a ‘transcriação’ dos irmãos Campos para o “Finnegans Wake”, sempre acho que falta um artigo, preposição, verbo ou todas as anteriores.
E por que raios o samba enredo tem sempre um nome kilométrico? Bom, antecipo para vocês os grandes destaques da avenida. Oba!

Gaviões da Fiel
“Nas asas dos Gaviões, rumo ao portal dos sertões – Santana de Parnaíba: berço de Bandeirantes”
Não, não se canta o grande número de empresas fantasmas (por causa do baixo valor do iss) desta cidade mas acho que o refrão que vai pegar é: “Usina condutora de progresso fez o bonde caminhar”!

Acadêmicos do Tucuruvi
“Hummm... é tempo de sorvete, do Oriente ao Ocidente alimento refrescante e nutritivo”
Juro que é isso, SORVETE!!!! E têm o 'hummm' mesmo!!! Acredito que o povão vibrará com: “em cores e sabores, você é carnaval, a grande paixão nacional”.
Tomei mais um comprimido, acho que não chegarei até o fim!

Unidos de Vila Maria

“Irashai-mase, milênio de cultura e sabedoria no centenário da imigração japonesa”
Como todo mundo sabe Irashai-mase significa bem-vindo em japonês, claro! A japonesada negra vai vibrar cantando 'né': “Com a imigração, somos filhos de uma só nação. Arigatô a essa parceria. Brasil, Japão que alegria!”
Meus ‘hashis’...

Águia de Ouro

“A taça da felicidade, uma viagem pelos sentidos às delicias do sorvete”
Eu disse SORVETE! Gosh, será que é uma efeméride e ninguém me avisou, ou se trata de espionagem?
O povo vai se derreter com: “O ano inteiro apreciar um bom sorvete e se lambuzar. Embala, meu amor, que o teu calor me leva”

Tom Maior

“Glória paulista – São Paulo na vanguarda da economia brasileira”
Os ‘negão’ economistas vão ficar roucos de tanto gritar: “A cana vem transportando tecnologia. Seu combustível é energia”

Rosas de Ouro
“Rosaessência – o eterno aroma”
É tudo junto mesmo, e vai bombar: “girando vai a baiana que faz delirar. O iaiá”

Nenê de Vila Matilde
“Um vôo da águia como se viu! Também somos folclore do nosso Brasil – 110 anos aprendendo com Câmara Cascudo”
Não, eu não escrevi o samba todo, esse é só o enredo! Agora canta comigo: “Nosso povo estende as mãos, vamos mestiçar”

Camisa Verde e Branco
“Da Pré-História ao DNA: a história do cabelo eu vou contar”
Eu disse CABELO, honey!!! Bata o seu ‘picumã’ na avenida com:
“tropicalizado em melodias o teu cabelo não nega de onde veio você”

Mancha Verde

“És imortal... Ariano Suassuna, sua vida, sua obra, patrimônio cultural”
Tipo homenagem mesmo, é só decorar: “Patrimônio Cultural e fez-se então o armorial...”

X-9 Paulistana
“O povo da terra está abusando. O aquecimento global vem aí. A vida boa sustentável pede passagem”
Não, eu não interrompi um discurso é isso mesmo...
Olha o agito do sambão panfletário e mantenha-se acordado na madrugada para cantar: “depende só de nós o equilíbrio ambiental. Responsabilidade Social”

Pérola Negra
“A onça vai beber água. Jaguariúna: qualidade de vida e desenvolvimento nos trilhos do tempo”
Zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
Aí você acorda e grita: “Em nome da preservação, nada resiste ao trabalho. Esse é o futuro da nação”
Gosh, é uma criança no primário que escreve estas coisas?

Vai-Vai
“Vai-Vai acorda Brasil”
Taí pra mim já ganhou, pelo menos tem poder de síntese.
“Vamos gritar aos quatro cantos desta pátria mãe gentil. Pra sempre vou te amar, acorda Brasil”
Vai precisar gritar mesmo, pois as 2h50 de sábado para domingo (previsão de entrada da escola) não é brincadeira não!

Mocidade Alegre
“Bem-Vindo a São Paulo, sabe por quê? Porque São Paulo é tudo de bom”
Você acredita? Então se anima: “Eu vou sair, viver a boemia curtir em Sampa várias atrações. Me divertir até o raiar do dia”
ODEIO quando me perguntam se eu sou de SAMPA! É São Paulo meu! Vai perder!

Império da Casa Verde
“Sambando e cantando e seguindo a canção. Vem vamos embora para a festa da MPB”
A Império vai desfilar às 5h da matina de domingo com um samba cheio de trocadilhos infelizes tentando fazer um ‘pout-pourri’ engraçadinho que de todos foi o que mais me deu nos nervos! Já perdeu também!
“É Domingo no Parque, amor Deixa o menino brincar Pra não dizer que não falei das flores. Solto a voz nas estradas, Sou maluco beleza, Sou a mosca que pousa no prato de sopa dos Novos Baianos”
Uuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu

29 de jan de 2008

Os bailarinos merecem!

Bom, nem tudo está perdido entre os meus pares! Já estava na hora da 'nossa' primeira dama estadual Monica Serra exercer a sua influência de ex-bailarina (e muito culta, simpática e discreta diga-se) para tirar o Secretário de Cultura João Sayad do anonimato. Interpretação minha, off course!
Com o anúncio da ocupação da antiga Rodoviária da Estação da Luz, em frente a sala São Paulo, como sede da "São Paulo Companhia de Dança" o governo Estadual pretende gastar 13 milhões num projeto que soma à recuperação de uma região antes degradada pelo tráfico e prostituição.

Dois novos teatros serão construídos com salas de ensaio e toda uma infra-estrutura semelhantes a grandes salas de dança do mundo. Estuda-se também anexar o conservatório Tom Jobim ao novo prédio e não se esqueceu da prometida reforma e ocupação do Teatro Itália como referência à Dança, servindo para festivais e apresentações.

Ótima notícia, com excelentes profissionais envolvidos (técnicos e não políticos!) como Inês Bogéa, têm tudo para alegrar uma categoria quase sempre desprezada.

Uma "Nova Luz" já muda o contorno no bairro, hoje uma referência cultural para São Paulo.
...

Leia mais aqui.

Museu? Para quê mesmo?

Muito lúcida a entrevista de hoje na "Folha" no caderno "Ilustrada" com o polêmico Paulo Herkenhoff, Curador e Crítico de Arte, "Um jantar na FIESP resolveria o problema do MASP" é a manchete!
Atira para todos os lados com a responsabilidade e autonomia de quem organizou a Bienal mais prestigiada dos últimos anos, a 24ª Bienal sobre a atropofagia, e ainda acusa o MINC de aparelhamento político (vícios de outros governos, aprimorado de um 'modo stalinista' neste!) e de quebra dá uma aulinha para Gilberto Gil e asseclas sobre 'o que é um Museu':

- "Museu é uma instituição que coleta obras de arte, que cataloga, que registra, que conserva, que estuda, que expõe. Se de repente você não tem o acervo, mas tem a exposição, isso não é museu. Se você tem o acervo e não expõe, isso não é museu. Se você tem acervo, exposição, mas não tem pesquisa, que é uma parte fundamental de museu, não é museu. Museu é um lugar de construção de pensamento, história e crítica."

Leia a íntegra da entrevista aqui.

28 de jan de 2008

O ABC da cota

Duas matérias sobre Educação no "Estadão" a respeito do sistema de cotas raciais expõe dois lados de uma polêmica que parece não ter fim e segundo Davy Lincoln Rocha "estão estimulando o ódio racial". Wall, tropo forte!

A primeira matéria, de ontem, é um balanço do governo sobre o sistema: "Universidades beneficiaram 40 mil pelo sistema de cotas" e a de hoje é uma entrevista com o procurador da República, citado acima, que conseguiu suspender na Justiça Federal a aplicação do sistema na Universidade Federal de Santa Catarina por entender que as cotas não estão previstas em lei e que a Constituição estabelece igualdade de direitos.

Entrevista séria, sem proselitismo, que vale a pena ler e pensar:
- "A Universidade não é lugar para quem quer, mas para quem tem intelecto para frequentá-la. E a capacidade intelectual não está na raça ou na condição social."
- "A reserva de vagas é caridade com o chapéu dos outros".
- "O ideal é que o ensino fundamental seja público ... e a universidade privada, com bolsas de estudos para alunos carentes, pagas pelo Estado, com dinheiro de todos. Isso socializaria a compensação."

- "No futuro, poderemos ter pessoas evitando a contratação de serviços de médicos e engenheiros cotistas."


Se você discorda ou está com preguiça de ler a entrevista completa, saiba que Rocha se considera um "vira-lata racial" (portando 'parente' deste Blog!), filho de um retirante do Piauí e de uma cabocla catarinense que por força da sobrevivência se formaram aos trancos e barrancos: o pai se formou em Letras e a mãe, saída do analfabetismo adulta se formou em Enfermagem. Rocha sempre estudou em escolas públicas formando-se em Engenharia e Direito passando no concurso para a Procuradoria da República em Santa Catarina.

...

Claro que para o governo Lula, Davy Lincoln Rocha, e os que pensam como ele, são considerados 'burgueses em dívida com os desprivilegiados'.
O governo já fez a sua parte quando acabou com o caráter eliminatório do conhecimento de inglês para a carreira diplomática, "do jeito que estava era muito elitista" queria dizer na época o Ministro das Relações Exteriores Celso Amorim. Também outra 'ação afirmativa' foi a 'democratização' do cartão de crédito corporativo pela Ministra Matilde Ribeiro de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (nome meio nazista para uma pasta de ministério, devo confessar), quem sabe ela dá um pulinho em Santa Catarina para ver a 'intentona' que o procurador está armando, e se o cartão ainda tiver limite dá pra fazer umas comprinhas pelas lindas praias do Sul!

...

Ainda no "Estadão" de hoje, o caderno "Vida &" que trata nas segundas sobre Educação traz uma entrevista com Vernor Muñoz Villalobos, costa-riquenho relator especial da ONU pelos Direitos à Educação. Apenas duas informações do moço à pergunta sobre a situação da educação no Brasil:
- "Apesar dos avanços, de todas as crianças fora da escola na América Latina, 20% estão no Brasil. E de todos os adultos analfabetos na região, 46% são brasileiros (...)"

Fashion Against Aids

Este é o nome de uma campanha fashion em prol da Aids assinada pela rede sueca H&M na mais que fashion cidade de Paris para a loja Colette na semana passada.
Foi pedido para que astros pop e estilistas criassem cada um uma camiseta com o intuito de alertar os jovens do mundo inteiro sobre a Aids. O meu, o seu, o nosso Rufus Wainwright participou da campanha ao lado de outros astros 'insuspeitos' como Timbaland e Ziggy Marley e disse:
- "Este é um assunto que me preocupa desde a minha adolescência."
E mais do que moda Rufus salienta que este é um caso de direitos humanos.
...

Feitas com algodão orgânico as camisetas serão vendidas pela bagatela de 7,99 e 19,99 libras e 25% do lucro das vendas será revertido para campanhas ao redor do mundo.
Si vous plait, traga-me uma do Rufus se você pretende viajar para a cidade luz dias desses, merci!

27 de jan de 2008

Parábola Pós-Moderna do horror

"É mais fácil um camelo entrar pelo buraco de uma agulha do que um rico entrar no Reino de Deus!"/Jesus Cristo*

Desde quarta-feira passada um muro é constantemente erguido e posto abaixo no Egito, na fronteira da Faixa de Gaza, por uma multidão, de maioria palestina, faminta e carente de mercadorias de primeira necessidade; camelos e vacas são içados por guindastes e transportados de um lado para o outro como itens importantes para a sobrevivência. A revolta vem esquentando desde que Israel resolveu bloquear sua fronteira com este território.

Por enquanto essa gente têm resistido a violência dos canhões de água e tiros de advertência do Exército egípcio e invadindo o outro lado como que guiada pelo espírito de Júlio César, no melhor estilo "Veni, Vidi, Vici" (Vim, Vi, Venci, proclamada pelo Imperador Romano depois das bem sucedidas intervenção no Egito e a batalha no Oriente Médio), compram o que precisam e voltam pacificamente para o outro lado do inferno.

Uma semana antes militantes palestinos dispararam mais de 200 (!) foguetes em sinal de alerta contra Israel que respondeu com outros ataques deixando mais de 40 palestinos mortos.

Recentemente o aperto de mãos dos líderes dos dois lados do conflito Olmert e Abbas teve como coadjuvante Bush, assim como Clinton fazia sombra para um outro retrato parecido em outras eras.
Os grupos extremistas Hamas e Fatah aceitam o diálogo na frente de organizações internacionais e ao apagar as luzes das câmeras se voltam em acusações cíclicas de traições rebeldia e herança que remonta da criação do Estado de Israel até o Novo e o Velho Testamento, desqualificando porta-vozes que tentam inutilmente desembaraçar o fio do conflito em busca do bom senso, já que nenhum lado é dono da razão.
...

*A multidão que ouvia de Jesus esta frase replica sem entender:
- "Mas então, quem poderá salvar-se?". Jesus respondeu:

- “As coisas impossíveis aos homens são possíveis a Deus”.
Lc 18, 24-27

...

Aguardemos então!

Nada de Bunda-Mole!

Ajudando Felipão à procura da bunda perfeita!

Li incrédulo a declaração do técnico da seleção portuguesa de futebol, o nosso Felipão, na Sport TV lusa:
- "Tem de se cuidar. Tem jogadores atuando com dois ou três quilos acima do peso, bunda grande, menos preocupados com futebol e mais com a noite e desfiles de moda".

Sim, "bunda grande" ele disse! Só se fala nisso na Europa e está quase virando mais uma piada de português bigodudo. E têm mais ameaça do gaúcho:
-"Se eles não tiverem uma vida mais regrada, podem perder o ônibus pelo caminho. É um recado que estou dando. Estou olhando, examinando, lendo entrevistas, tudo isso. É um sério recado que deixo".

Como será que ele examina hein, pelo calção que já está justo ou no vestiário mesmo? Fiquei curiosíssimo e resolvi ajudá-lo na sua nobre tarefa, até mesmo para que ele não cometa injustiças. Vamos lá:

Pela minha experiência Cristiano Ronaldo está com as medidas certas Felipão, não precisa castigar o moço não, viu!

O Deco ficou todo preocupado com a decisão do técnico e preferiu primeiro contar os 'gomos'.

Miguel Veloso não corta os cabelos e nem mostra a bunda.

Pedro Pauleta se aposentou na última Copa e sempre se 'resguardava'.

Oops, errei de seleção! Mas se o Felipão treinasse os ingleses, Bekham já estaria fora né?!

26 de jan de 2008

Um jogador russo e outro francês

(...)embora tivesse decidido jogar, absolutamente não tencionava começar por conta de outra pessoa (...) Confesso que o coração me batia forte e eu estava fora do meu natural... assim tinha de ser, assim seria ... Por que seria o jogo pior do que qualquer outro meio, como por exemplo o comércio? É certo que uma pessoa em cem sai ganhando. Mas... que me importa tudo isso?
O Jogador - Dostoievski

Talvez não tenha passado pela cabeça do bonitão francês Jerome Kerviel (ao lado) que um personagem de ficção, escrito no século XIX, também fora movido pelo mesmo impulso que o seu, embora o prejuízo tenha sido em menor proporção do que o mega-rombo de 4,9 bilhões de euros!!!

Me lembrei do mestre russo após ler o que Gilles Lapouge, correspondente em Paris do "Estadão", escreveu hoje em "O Jogador que pôs o FED numa armadilha", leia a matéria completa aqui, enquanto eu adianto o final:
"...ainda bem que ele se contentava em jogar como se joga até o delírio, até a overdose, até a vertigem, um jogador enlouquecido!"

Poderia ter sido a descrição do personagem Aleksei Ivanovitch, ou mesmo a do seu próprio criador, Dostoievski, que escreveu o livro em apenas 25 dias para pagar dívidas contraídas para sobreviver e manter um vício que teimava em largar... o jogo!

Leitura obrigatória para o jovem Kerviel atrás das grades, e se lhe serve de consolo, adianto também o final do livro:
- "Amanhã, amanhã acaba tudo!"
...

Se joga:
A edição que eu tenho é esta da Bertrand Brasil com tradução de Moacir Werneck de Castro com o título de "O Jogador". É muito boa, mas como Schnaiderman é mestre recomendo a dele de olhos bem fechados:
Um Jogador, tradução Boris Schnaiderman/Editora 34.
Ambas as edições aí de cima custam em média 30 Reais, se você tá na pindaíba, como eu já estive em épocas de estudante, compre esta pocket da L&PM por 14 contos mas me prometa que comprará a outra em época de fartura, certo?

Open your mind 2

Sabia que existem sites e blogs (sem pornôs!) exclusivos de filmes GLBT?
São filmes que têm temática ou personagens gays e que muitos nem chegaram a estrear por aqui.

Sugiro alguns links, o primeiro é do PedroX de Portugal, com muitos inéditos e com legendas:
http://filmes-glbt.glsportugal.com/

O segundo é o brasileiríssimo Cultmix:
http://cultmix.wordpress.com/

E last by not least o mexicano Homoqueer do gatinho Jess Monray:
http://www.homoqueer.blogspot.com/

Pronto não têm desculpa que tá sem grana no weekend, certo!

Open your mind


Gosta de som eletrônico e tá cansado do 'Discografias' do Orkut? Se liga no "e-track", há menos de um ano no ar já conquistou mais de 30 mil visitas de antenados.

Nóia!

Comentei aqui em outubro sobre "Paranoid Park" e sua juventude transviada e paranóica, releia antes de assistir esta estréia da semana.
Acrescento só uma coisa; é que alguns críticos acham desnecessário uma cena 'um tanto explícita' e trash que aparece lá pelo meio. Não se preocupe não serei estraga prazeres e não contarei, só digo que esta cena é importante no filme já que é por causa dela que vemos o garoto (excelente por sinal, descoberto em testes pelo MySpace!) quase sempre apoplético e zumbizando em cima do seu skate.

Me conta o final!

Então, vai rolar pré estréia do filme "Onde os Fracos Não têm Vez", mais uma esquisitice bipolar dos irmãos Coen! 'Mutcho loko' meu!
Ao lado Javier Bardem (que consegue estar bem em qualquer coisa, vc viu aquele "Sombras de Goya"?), no melhor estilo 'psico-emo', economiza gestos e expressões dando credibilidade para um nonsense quase caricatural que permeia todos os outros personagens.
Sua cena com um tiozinho numa mercearia disputando um cara ou coroa, para ver se o velho morre ou não, faz parte daqueles textos que os roteiristas decepam a mão para terem escrito! Saca aquelas discussões bizarras que o Tarantino adora rechear nos seus filmes? Pois é, vai pelo mesmo 'naipe'.

Falando do roteiro, vê se não dorme ou se distrai na última cena como eu fiz!
É que o filme parece que vai acabar por umas três vezes e como eu tenho uma mania de ficar 'contando coisas' quando algo me aborrece (ainda vou me tratar com Oliver Sacks um dia), estava contabilizando quantos luzinhas de led têm a escada do cinema, quando do nada... o filme ACABOU!

- Como assim? Perguntei pro meu amigo: "- o que aconteceu, o que ele disse?"
E ele: "Sei lá não prestei atenção, agora acabou mesmo!".

Bom, não vou rever então faça-me o favor de me dizer qual é a última frase do filme e se ela têm alguma importância capital para a história, o que eu duvido.

American Gangster x American Gangster = Jay-Z

Denzel Washington cercado pelos parentes 'bocó-gangsters'.

"American Gangster"
é um bom filme. Sabe porque não é ótimo?
Por dois motivos: primeiro, chegou ‘atrasado’ e perdeu a onda ‘gangsta’ depois que a Academia foi ‘obrigada a fazer justiça’ a Martin Scorsese no ano passado por “Os Infiltrados”.
O outro motivo foi ter desprezado a ‘terceira via’ do roteiro sobre o transporte de heroína por aviões do Exército em plena Guerra do Vietnã!

Bom, Ridley Scott já tinha história demais para contar abordando todas as ramificações deste mega-traficante negro que nos anos 70 desbancou toda a máfia branca e virou o rei do Harlem (o cara realmente existiu e ainda está vivo!).
Daria para fazer no mínimo mais uns três filmes com tudo o que o roteiro ‘aponta’, mas seria preciso dominar a narrativa de um jeito que só Steven Soderbergh sabe fazer hoje em dia.

Talvez por tudo isso o filme tenha sido ignorado pelo Oscar conseguindo apenas a indicação em apenas 2 categorias: direção de arte (muito boa a reconstituição dos anos 70) e atriz coadjuvante (a octagenária Ruby Dee, apenas por um tapa na cara do protagonista!).
O resto você já cansou de ver, mas não deixa de ser um filme naquele estilo ‘filmão’ manja?
...

Faz sentido Ridley Scott ter recusado o nome do rapper Jay-Z (aliás ‘sobra’ rapper no papel de ator no filme e é divertido descobri-los) para a trilha, o filme é menos ‘denso’ do que o novo álbum do marido da Beyoncé, também intitulado "American Gangster" de pirraça!
Quando eu soube do lançamento, no ano passado, corri para ‘baixar’ e fiquei de cara! O disco é ótimo, e ainda tem uns samples das falas do filme. Por essa ‘inspiração’ Jay-Z fica em débito com Scott.
A trilha original do filme é mais classuda e soul, se fosse o contrário seria óbvio, berrada e insuportável.
Nisso o diretor acertou!

Jay-Z, cantando uma história que conhece melhor do que toda a equipe do filme homônimo. E, claro, se sai muito bem!

25 de jan de 2008

São Paulo, meu amor!

No braço direito o mapa e ao fundo a bandeira do meu Estado, nas costas o lema do brasão da minha Cidade cercado por quatro estrelas.
Abaixo, faço meu, o testamento de um nobre paulistano:

Quando eu morrer quero ficar,
Não contem aos meus inimigos,
Sepultado em minha cidade,
Saudade.

Meus pés enterrem na rua Aurora,
No Paissandu deixem meu sexo,
Na Lopes Chaves a cabeça
Esqueçam.

No Pátio do Colégio afundem
O meu coração paulistano:
Um coração vivo e um defunto
Bem juntos.

Escondam no Correio o ouvido
Direito, o esquerdo nos Telégrafos,
Quero saber da vida alheia,
Sereia.

O nariz guardem nos rosais,
A língua no alto do Ipiranga
Para cantar a liberdade.
Saudade...

Os olhos lá no Jaraguá
Assistirão ao que há de vir,
O joelho na Universidade,
Saudade...

As mãos atirem por aí,
Que desvivam como viveram,
As tripas atirem pro Diabo,
Que o espírito será de Deus.
Adeus.


"Quando Eu Morrer" - Lira Paulistana/Mário de Andrade

24 de jan de 2008

Está perdoado!

Herege por herege sou mais LaChapelle na recente exposição "Heaven to Hell" no MUBE/SP.

Perdoai-o Senhor...

Lula é um bonachão, adora uma piada pronta. A reunião da "santa ceia" teve resultado pífio, e só serviu para procurarmos à direita de 'Jesus-Lula' quem o trairá, já que sabemos exatamente com quem ele dividirá "seu corpo e seu sangue"!
Bom, não preciso dizer o que aconteceu com o original depois do 'jantarzinho' regado a pão e vinho né? E com a cópia, depois de um espartano lanchinho de presunto, o que pode acontecer?

23 de jan de 2008

Picumã da discórdia!

A página de Beleza e Moda da Uol surtou e deu destaque para um penteado "simples, prático e fácil" para o carnaval criado pelo cabeleireiro e maquiador Evandro Riboli: "para as mulheres que querem se divertir, dançar e curtir os bailes sem perder o estilo e o charme".

Bee, não é porque eu sou careca não, mas você têm certeza que isso é fácil e a amapô não vai matar metade do salão apenas numa girada e um abraço mais forte? Hummmm, coitada das minhas amigas...

Então é assim amiga, passo a passo mas com a ajuda de uma bee querida:

Divida o 'picumã da amapô' em dois rabos-de-cavalo e puxando as extremidades! Se a amiga começar a lacrimejar, bata papo, bata papo, bata papo...

Não deixe a colega olhar no espelho e vá enfiando aqueles 'hashis', daquele japa que você guardou, até virar uma escultura de mangá.

A esta altura ela já deve estar gritando, mas bata papo e comece a 'embaraçar' toooodo o picumã (Riboli diz para não esquecer do gel!) endurecendo com fixador e enrolando nos 'hashis'. Não se esqueça de dizer que está ficando lindo e ela vai arrasar!

Pronto, 'bééélííísima'! Mas você perdeu a amiga, tá!

E Riboli completa: "O penteado com palitos é interessante, pois pode complementar fantasia ou dar um charme todo especial para aquelas roupas mais discretas".

Viu!

Um a menos

As eleições que agitarão o planeta tiveram uma baixa importante para os conservadores nestas prévias, o senador e ator ("Law & Order") Fred Thompson.
Thompson deve ter caído na real, depois da euforia que foi Wyoming (cidade mega conservadora, onde ele ficou em segundo lugar), e viu que esta campanha não é um set de soup opera.

Um a menos! Fred Thompson é contra o aborto, contra a união homossexual, contra os imigrantes... enfim, que bom que faltou dinheiro para a continuação de sua campanha.

22 de jan de 2008

HEATH LEDGER (1979-2008)

Guardo a imagem da primeira vez que vi Heath no cinema em "Coração de Cavaleiro". Quando estrear o 'novo' Batman, "Cavaleiro das Trevas" será tão mórbido vê-lo como vilão póstumo como o foi assistir "O Corvo" com Brandon Lee ( filho do mestre Bruce) morto também aos 28 anos!

A morte de Heath Ledger me trouxe mais revolta do que consternação.
Aos 28 anos (!!!) Heath agora entrou na lista dos jovens talentosos que se mataram inexplicavelmente; o primeiro que me vem à cabeça é Kurt Cobain com 27 anos (como Kurt, ele também deixa uma filha) e mesmo que Heath não tenha cometido suicídio (há indícios de que tenha sido uma overdose) a estupidez é a mesma.

Vai saber o que se passa na cabeça destes astros, no NYTimes, num dos comentários da notícia da morte, uma mulher tenta entender o absurdo da situação numa frase que lembra Tolstói na abertura de "Anna Kariênina" e que faz o mesmo sentido:
- "Everyone’s got problems, some you see, some you don’t. What a tragedy."

Nós não víamos, resta lamentar a tragédia!
Adeus meu querido 'brockeback' lembranças para o Kurt, vocês têm muito o que conversar.

The Oscar goes to...

Seguindo o ponto de vista do nosso presidente, "já que todo mundo faz" (caixa 2), eu farei também a minha lista de apostas nas categorias principais para o Oscar-08, e ainda digo o por quê:

ATOR

Viggo Mortensen por "Senhores do Crime" do esquisitão Cronenberg é a zebra dos indicados. Depois de "Marcas da Violência", que já virou cult, Mortensen volta lindo, loiro e tatuado como um 'gangsta' russo. Detalhe: embora eu aposte forte nele (sem nem mesmo ver o filme, mas sei de tuuuuuudo! Inclusive uma cena de luta numa sauna com todos nus... ui) pode ser que Daniel Day Lewis ganhe.

ATRIZ

Marion Cotillard por "Piaf" e não se fala mais nisso! Arranco o dente da frente como ela leva esta. Oops, eu não devia ter dito isso...

ATOR COADJUVANTE

Javier Bardem por "Onde os Fracos Não Têm Vez", hilário como um serial killer emo (interpretação minha, off course, mas com essa peruquinha...), em breve falo deste filme 'mutcho loko'.

ATRIZ COADJUVANTE

Saoirse Ronan por "Desejo e Reparação". Embora aaaaaaaammme Cate Blanchett "de" Bob Dylan em "I'not There", acho que ela não leva essa, sem contar que essa menina é muito boa! Aliás nesta categoria está bem difícil de acertar, tem também a Tilda Swinton sempre não menos que fantástica!

ANIMAÇÃO LONGA-METRAGEM

Essa é baba "Persépolis" é claro! E fico 1 ano sem tomar Pepsi se... 'oops i did it again'.

DIRETOR

Quero acreditar que Paul Thomas Anderson ("Boogie Nights" e "Magnolia") ganhará por "Sangue Negro", caso contrário a zebra será Tony Gilroy por "Conduta de Risco"; é dele também a ótima trilogia "Bourne".

FILME

"Sangue Negro", filme com "A" cara da América!

...

É isso o que eu acho! Agora sem paixão e falando mais politicamente, a premiação será pulverizada entre os dois títulos com maior número de indicações que são "Sangue Negro" e "Onde os Fracos..." (8 cada uma), ficando a 'indústria' feliz e com um faturamento equilibrado entre as produções pós-oscars.

Outra coisa, eu sempre fui péssimo em qualquer tipo de aposta, sorteio ou loterias mas podem cobrar, hehehehehe.

And the Oscar does not go to...

Pode pegar a mala que não rolou!

Cao Hamburger
pode guardar o seu tuxedo no armário, seu filme "O Ano em que Meus Pais Sairam de Férias" dançou na indicação de filme estrangeiro para o Oscar-08.
Pelo menos ficou em boa companhia, o superior "A Era da Inocência" de Denys Arcand que também concorria na mesma categoria ficou de fora.

O mundo não vai acabar e sendo honesto "O Ano..." 'para' Oscar é bem fraquinho; bom, tivemos também o pior de todos que foi "O Que é Isso Companheiro" lembram, jamaaais esquecerei a 'performance' de Lulu Santos (?) de sargento!!!
Às vezes a justiça nem tarda tanto!
...

Dá uma visitada aqui e veja a lista completa dos indicados neste slide show bacana que o "Estadão" fez.

A solidariedade é branca, e tatuada!

O gesto de Beckham vale por mil conferências e aparições de políticos internacionais na destruída Serra Leoa. Embaixador da UNICEF, o jogador de futebol mais fashion da história esteve por 2 dias na África e disputou um 'rachão' numa vila, encantando centenas de moradores que ainda reconstroem suas vidas sete anos após uma guerra civil!


21 de jan de 2008

Amapô, desagüenda o pochetão que o babado tá uó!

A carioca "Amapô" ('mulher' em gíria iorubá, adotada pelos gays!) deixou um monte de modelo constrangido em desfilar com seus acessórios: chifres de diversas espécies!
Olha, os chifres são o máximo se era para se constranger mesmo tinha duas coisas lá que não deram certo: a trilha RPM/Paulo Ricardo, tipo nada a ver com o style e alguns modelitos de pochetes douradas com franjas !!!!!

Eu entendo a volta da cintura alta, do verniz, do branco ter virado 'off white'... agora a volta da "maldita"? Nem Paco Rabanne conseguiu dar glamour para as pochetes que os descolados teimam em transformar em tendência.
Vamos combinar de uma vez por todas, pochete só sport e em academia! Abro excessão à regra se você tiver mais de 83 anos e for japonês, tá!

"Come te permete". A maldição da pochete dourada!

"Que novela que ela faz?"

Esqueça o contrangimento 'amapô' ficou lindo, só não vai me sair com essa 'tiara' no supermercado!

Fazendo beeemm a lúdica-mítica nem aí!

Lindo exemplar da raça dos unicórnios!

"Parade du Costumes", basta fechar os ouvidos para a trilha!