26 de jan de 2008

Me conta o final!

Então, vai rolar pré estréia do filme "Onde os Fracos Não têm Vez", mais uma esquisitice bipolar dos irmãos Coen! 'Mutcho loko' meu!
Ao lado Javier Bardem (que consegue estar bem em qualquer coisa, vc viu aquele "Sombras de Goya"?), no melhor estilo 'psico-emo', economiza gestos e expressões dando credibilidade para um nonsense quase caricatural que permeia todos os outros personagens.
Sua cena com um tiozinho numa mercearia disputando um cara ou coroa, para ver se o velho morre ou não, faz parte daqueles textos que os roteiristas decepam a mão para terem escrito! Saca aquelas discussões bizarras que o Tarantino adora rechear nos seus filmes? Pois é, vai pelo mesmo 'naipe'.

Falando do roteiro, vê se não dorme ou se distrai na última cena como eu fiz!
É que o filme parece que vai acabar por umas três vezes e como eu tenho uma mania de ficar 'contando coisas' quando algo me aborrece (ainda vou me tratar com Oliver Sacks um dia), estava contabilizando quantos luzinhas de led têm a escada do cinema, quando do nada... o filme ACABOU!

- Como assim? Perguntei pro meu amigo: "- o que aconteceu, o que ele disse?"
E ele: "Sei lá não prestei atenção, agora acabou mesmo!".

Bom, não vou rever então faça-me o favor de me dizer qual é a última frase do filme e se ela têm alguma importância capital para a história, o que eu duvido.

Nenhum comentário: