4 de fev de 2008

Os melhores jornais do mundo e a "despolitização da sociedade"

A propósito do lançamento do livro "Os Melhores Jornais do Mundo. Uma Visão da Imprensa Internacional" Matías Molina ganhou uma página do suplemento "Aliás" do "Estadão" neste domingo, infelizmente não disponível na internet, mas que eu adianto pra vocês alguma coisa.
Molina é espanhol radicado em São Paulo e passou pelos principais veículos de comunicação do País como: Exame, Folha, Gazeta Mercantil e Valor Econômico.

Destaco duas respostas de Molina da entrevista.
Uma delas parte da análise que ele faz da mudança editorial do NYTimes nos anos 70, ampliando a cobertura de assuntos ligados a casa, família, educação, saúde e espetáculos em detrimento a matérias investigativas. E ao responder o por quê, diz:
- "Em parte porque houve uma despolitização da sociedade"

E o Brasil nisso, sabe o que ele acha?
- "... há um excesso de política nos jornais brasileiros. Chega a ser cansativo. Os escândalos políticos são divulgados num tom sempre muito elevado. Com isso não se diferencia um do outro.

É isso aí, mais um livro para a lista!
...

Se joga:
"Os Melhores Jornais do Mundo. Uma Visão da Imprensa Internacional"
Matías Molina/Editora Globo

Nenhum comentário: