29 de abr de 2008

ManifestoSilêncio

"(...)Eu espero, com a paciência do tempo, amar um dia como eu amei nos que passaram. E chorar sobre a alguma canção que me faça entender pela primeira vez o que nunca teve explicação e me faça acreditar que, nesse único momento, eu sou o único a conhecer algum segredo que ninguém mais ousaria supor.
O rock morreu..."

Gostou veja o resto aqui!

Nenhum comentário: