30 de mai de 2008

Quem já amou sabe!

Muito boa as "Idéias Soltas" de João Luiz Sampaio em seu Blog (finalmente ele voltou e se 'repaginou'!) sobre a ópera que apresentamos no FAO, "Maria Golovin". Não chega a ser uma crítica mas deixa curioso quem não assistiu, leia um trecho:
-"O ciúmes, o amor, o ódio - eles nos confundem porque falam um idioma que não entendemos. Falam de sensações, falam de incongruências, incertezas. Falam alto, abafam a razão. Materializam o caos. A sanidade talvez esteja em encontrar nele o sentido. Ou ao menos a ilusão de que ele existe."

Só quem já amou entende, só quem assistiu a ópera sabe! Bom seria se as críticas de ópera fossem mais 'humanizadas' e menos pedantes, João felizmente nunca correu esse erro, deve ser por causa da sua 'veia dramatúrgica'. Sim, ele também já se arriscou no teatro de prosa!

O 'quase final' da ópera

Teatro Amazonas já pronto pela tarde para se transformar no castelo de "Turandot"

A estréia de "Turandot" foi um sucesso, mesmo debaixo de chuva! Waallll!!!!
Já presenciei vários momentos destes por aqui em Manaus, espetáculos ao ar livre, seguido de chuva com orquestra tocando embaixo de guarda-chuvas e o povo sem arredar o pé, transformando cadeiras em 'chapéus protetores', incrível! Mas vamos combinar que a densa ópera de Puccini, 150 anos de nascimento neste ano, é de arrepiar mesmo sob uma tempestade.

Testamos neste ano Orquestra e Coro dentro do Teatro Amazonas (com o som e imagem transmitidos para fora) e os solistas e figuração junto do 'povão' numa passarela ao redor do Teatro, somo já mostrei aqui embaixo. Assim teríamos o controle em uma situação como essa e manteríamos o espetáculo com uma boa qualidade sonora (instrumentos desafinam com muita facilidade quando expostos ao ar livre) sem precisar parar por causa de uma garoa ou uma chuvinha mais forte.

Agradecimento no final do espetáculo mostra o 'povão' que não arredou o pé. Quem tinha guarda-chuva se deu bem, os outros ou se molharam ou se escondiam pelas marquises

A ironia do destino foi que começou a chover pouco antes da ária "Tu che di gel sei cinta" de Liú no III Ato do espetáculo, e intensificou no final da ária quando Liú se mata (sorry, contei o 'quase final'). Acontece que foi exatamente aí que Puccini parou a ópera tendo falecido antes de terminá-la, o que vemos nos palcos do mundo é um final escrito por Franco Alfano com 'pitacos' do maestro, e amigo de Puccini, Arturo Toscanini.
No XII FAO o perfeccionista maestro Marcelo de Jesus escolheu outro final, o de Luciano Berio (estreado em 2002) inédito no Brasil e por sinal muito bonito.

Quando Toscanini regeu a estréia da ópera no Scala de Milão ao chegar exatamente neste momento final da ária, virou-se para o público e disse solene:
-"A ópera termina aqui porque neste ponto o maestro morreu."

Juro que quase vi uma reencarnação de Toscanini em De Jesus, quando o avisamos do chuvaréu danado que estava do lado de fora.
Estávamos preparados para encerrar ali mesmo, com a saída do corpo da Liú (Gabriella Pace), quando cinco minutos depois a chuva foi se transformando em uma garoa 'suportável' para encerrarmos com o dueto final entre Turandot (Eiko Senda) e Calaf (Martin Mühle).
Sorte do público, e sábado tem mais!

28 de mai de 2008

Brasileiros e brasileiras, votem nele!

O NYTimes dá um tempo na campanha presidencial entre Democratas e Republicanos e abre votação para o que interessa: Paulo Szot para o "Tony" de melhor atuação em Musical por "South Pacific".
Entra aqui e vota nele! Quando eu votei ele estava quase empatado (38% x 33%) com Lin-Manuel Miranda por "In the Heihts", como não conhecemos o Sr. Miranda podemos ultrapassá-lo rapidinho não é amigos?!

Pelos bastidores de "Turandot"

Contagem regressiva para o final do XII FAO (Festival Amazonas de Ópera) o encerramento será com a apresentação ao ar livre nos dias 29 e 31 deste mês, no entorno do Teatro Amazonas, com "Turandot" comemorando também o ano Puccini, a regência será do meu amigo e maestro Marcelo de Jesus.
Como o público estimado é de cerca de 30 mil pessoas e está previsto a transmissão ao vivo pela Amazon Sat não quero estragar as surpresas desta super produção com direção de Emílio Di Biase, Figurinos vindos de Bogotá assinados pelo 'lord' Adan Martinez e importantíssima Coreografia (mais apropriado seria classificar com o neologismo 'Direção de Movimento') de André Duarte.

Sendo assim mostro os bastidores da montagem, cujo ensaio geral rolou ontem a noite, enjoy:

Toda a fachada do lado esquerdo do Teatro Amazonas será transformada no palácio da 'Princesa de Gelo'...

... que será coberto por plásticos pretos amarrados em grades dando a impressão que uma plantação de 'trepadeiras' invadiu o Palácio.

O 'povo' tentará invadir as muralhas do Palácio mas serão contidos pela Guarda Imperial

120 metros de passarela contornarão o teatro dando visibilidade para o público que prestigiará mais de 200 pessoas em cena (todos os Corpos estáveis mais soldados do Exército, Figurantes, Lutadores de Kung Fu e toda a CTP (Central Técnica de Produção)

Emílio Di Biase teve a sua disposição a melhor equipe de colaboradores do FAO, e claro os melhores cantores líricos que atuam no Brasil e no Exterior a sua disposição para que esse espetáculo seja marcante!

27 de mai de 2008

A luta continua companheira!

Muito se falou da blogueira cubana Yoani Sánchez, ainda mais depois que ela ganhou o Prêmio Ortega Y Gasset/2008 na categoria Imprensa Digital e foi impedida pelo 'governo democrático (?) em transição' da ilha em recebê-lo.
Depois de descobrí-la em uma reportagem no NYTimes há uns seis meses foi que linkei "Generación Y" nos meus 'vizinhos' favoritos aqui ao lado, leio constantemente e vale a pena uma visita sua também. Felizmente o idioma não é uma barreira para nós brasileiros!


O último post é sobre o lançamento destes ônibus 'à la inglesa' para turistas que circulam por Cuba e claro não escapou do olhar perspicaz da sempre atenta Yoani, que lembrou de um 'chiste' provocativo de um vizinho ao lhe perguntar qual a diferença entre um turista e um cubano, resposta do vizinho, no original que soa bem melhor:
- “Un turista siempre mira hacia arriba. Se queda embobecido con la arquitectura, los vitrales, arcos y columnas; pero nosotros los cubanos caminamos atentos a los huecos que harían peligrar nuestros tobillos”.

Deu pra entender né... mas há esperanças, ainda mais depois do "Pequeño Estudio Comparativo" que ela fez após receber o seu 'racionamento' deste mês e compará-lo com o de julho passado:


A diferença principal foi a descoberta neste meio tempo dos desvios de verbas dos administradores da 'padaria estatal'!

As imagens feitas por Yoani, suas observações cotidianas e seu forte olhar intelectual me lembrou José Lezama Lima que junto com Cabrera Infante são os meus escritores cubanos (universal) preferidos:
- "Nos milênios exigidos por uma cultura, onde a imagem atua sobre determinadas circunstâncias excepcionais, ao converter-se o fato numa vivente casualidade metafórica, é onde situam-se essas eras imaginárias. A história da poesia (ou a poesia da história - acrescentaríamos) não pode ser outra coisa senão o estudo e a expressão das eras imaginárias."

...

Se joga:
Eu já li todos e não empresto, portando para desfrutar melhor o Blog Generación Y, leia se for capaz, todos estão esgotados mas pode se achar fácil-fácil em sebos paulistanos e com um pouco de boa vontade e amigos espalhodos pelo País afora:
- "Paradiso"/José Lezama Lima
- "Três Tristes Tigres"/Guillermo Cabrera Infante
- "Havana para um Infante Defunto"/Guillermo Cabrera Infante
- "Mea Cuba"/Guillermo Cabrera Infante
- "Vista do Amanhecer no Trópico"/Guillermo Cabrera Infante

26 de mai de 2008

A 'parada' é essa

Um brinde a Derek Jarman, "o pai da Parada" antes mesmo dela existir!

E por falar em "Parada" o NYTimes de ontem trouxe como manchete na página de cinema um título bem apropriado: "Gay, Punk and Ever the Provocateur", em uma frase resume o perfil do que foi a vida e a obra do cineasta Derek Jarman.
Jarman, morreu de AIDS aos 52 anos em 1994 e é resgatado agora por Isaac Julian que teve o seu documentário "Derek" lançado em janeiro no badalado Sundance Festival. Também uma retrospectiva de seus filmes estarão acontecendo agora em junho (9 a 16) no "Museum of Modern Art" em Nova York.

Também em junho (24) a distribuidora Zeitgeist Films lança no mercado americano seus filmes numa caixa especial , “Glitterbox", que se você não assistiu a nenhum perde, e muito, a referência de um cinema provocador e teatral (sim, também gay) que até agora não teve substituto, trata-se dos ícones:
"Caravaggio" (1986), a vida do pintor contada de uma maneira atemporal com suas luzes e sedução, "Wittgenstein" (1993) sobre o filósofo gay atormentado, "The Angelic Conversation" (1985) o meu preferido, são os sonetos de Shakespeare interpretados como se fosse um video clip lisérgico e, claro, vinculando as palavras do bardo inglês a uma relação homossexual com imagens granuladas de 16mm numa espécie de floresta idílica.
Pra completar, "Blue" (1993) feito quando Jarman já não tinha esperanças de vida, este é o seu último filme e o seu "atestado" ainda em vida. Ele é todo narrado por atores que trabalharam com Jarman, como a 'neo-oscarizada' e maravilhosa Tilda Swinton, detalhe: não têm imagens, apenas a tela azul e a voz em off dos atores.
Quando assisti (ou melhor seria dizer, 'ouvi') Blue foi numa sessão da Mostra de Cinema no Centro Cultural São Paulo e era triste ver as pessoas saindo iradas e vaiando o emocionante relato de um homem que só viveu e respirou para entender o "amor que não ousa dizer o seu nome".

Vale a pena correr atrás das locadoras daqui mesmo, para conhecer um pouco mais sobre este cara, inclusive os outros filmes, excelentes que não fazem parte desta caixa, talvez o seu filme mais 'acessível' seja "Edward II" (1991), adaptado de uma peça teatral de Marlowe sobre o rei que renegou a sua própria esposa para viver com um plebeu.
Difícil é encontrar "Sebastiane", a sua estréia cinematográfica, sobre a vida (lógico!) de São Sebastião, "War Requiem" também é fantástico! Assisti a toda cinematografia de Jarman em Mostras e Cineclubes que hoje em dia estão bem mais caidinhas do que no fim dos anos 80, que pena!

Fica também uma sugestão para a "Parada" do próximo ano, que tal organizar uma retrospectiva de filmes que 'pensaram e antecederam' todo este hoje milionário mercado? Tá, eu sei que já existe o Mix Brasil, mas nunca é demais né?
Sugiro também um "Trio Elétrico" com uma imensa tela no lugar dos go-go boys (não tô maluco, eles sairiam no asfalto, tá!) exibindo trechos de filmes de Pasolini, Jarman, Gregg Araki, Almodóvar, Gus Van Sant e outros mais. Fica a sugestão, não cobro nada por ela e se precisar ajudar na programação estou às ordens!

A união faz a força!

"Parada" família: Herlon, Luciano e o pequeno Claudio tomando sua primeira lição de cidadania

Pois é, mais uma "Parada Gay" em São Paulo e eu não estou presente, aliás as últimas edições eu me recolhi mesmo, deu preguiça...
Das 12 edições devo ter participado de umas nove e sempre fazendo a 'via crucis' da Paulista até o começo da Consolação, daí já estou em casa mesmo e ouço a zoeira até tarde da noite do meu apartamento. Nem ia comentar o evento depois de um monte de coisas que li neste domingo pela net, confusão, desmaios, mais de 3 milhões, furtos, maloqueiros, etc, etc...

Me dei por vencido depois que vi esta foto no site Yahoo. É bem comum encontrar casais como os paulistas Herlon (esquerda) e Luciano mas incomum mesmo é a companhia dos queridos, o filho adotivo Claudio, de um ano e quinze dias!
Como o tema desta 12º edição é "Homofobia Mata! Por um Estado Laico", os pais do pequeno Claudio já estão preparando o futuro do seu filho para viver em uma sociedade mais justo e sem preconceitos.

Quem dera tivéssemos tido essa lição dos nossos pais. Parabéns rapazes, quem sabe a gente não se encontra no próximo ano, agora me deu vontade novamente de participar da festa!

24 de mai de 2008

Pague e Leve

Li "O Capital" de Karl Marx naquela idade perigosa dos 17 anos - claro que reli depois já que nesta idade fiz uma interpretação errada da sua teoria. Como centenas de petistas aliás!
Geralmente nesta fase você é (ou vai virar) um revoltado contra a 'sociedade e o sistema', daí as teorias marxistas podem te transformar em um cara mais parcimonioso e justo ou num 'chato nas rodas sociais', como centenas de petistas aliás.
Felizmente as pessoas não me evitam em ambientes abertos e a curiosidade que sempre tive a respeito da área econômica abriu a minha mente para descobrir outros importantes pensadores.

Marx gastou páginas e páginas para estipular e definir que só o trabalho dava valor as mercadorias, defendendo assim o "mercado" e criticando os "capitalistas" pela exploração dos trabalhadores, num processo de 'sobretaxa' numa escala de produção, ou seja, aquele trabalhador que fornece mais do que aquilo que o custo real representa (o custo do salário do trabalhador repassado ao produto, por exemplo), esta diferença foi batizada por Marx de "Mais Valia".

Sendo assim, pela teoria da Mais Valia, o custo estipulado para esta gravura de Andy Warhol que ilustra este post não pode ser considerado um roubo exorbitante já que "é apenas fruto da propriedade privada dos meios de produção."
Também não seria escorchante o valor que cada artista estipula para o seu trabalho, cabendo ao contratante negociar um valor que seja justo para ambas as partes evoluindo a teoria para a "Livre Negociação".

...

Aos 17 anos você entende o valor das suas necessidades e luta para que num futuro próximo não precise ser desrespeitado pela sua inexperiência. Mas depois de chegar aos 40 tendo entendido direitinho como funcionam as "leis-de-mercado" e a relação "trabalhador-patrão" o que menos se espera é a 'quebra desta corrente' centenária de confiança mútua.
Bom, você também pode "girar a roda da economia" e se debandar para o 'concorrente' sem dar muita bola para 'revoluções sociais'.
Hummm, mas que dá um certo amargo na garganta, ah isso dá!

22 de mai de 2008

Pelos bastidores de "Maria Golovin"

O FAO continua e nesta quarta foi a estréia da ópera "Maria Golovin" do recém falecido Gian Carlo Menotti* (do qual eu já dirigi "O Telefone" com Rosana Lamosa e Leonardo Neiva), com produção da Ópera de Marseille, equipe inteira francesa mas regência de Luiz Fernando Malheiro.
A ópera é bem teatral, praticamente não tem coro (apenas uns 'ôôô' (interno) masculinos representando o canto dos prisioneiros de um presídio ao lado da pensão onde se passa a história) e os seus personagens são bem estruturados mas com um tratamento um tanto melodramático.

Maria Golovin chega nesta pensão (a época é pouco depois da guerra) com seu filho Trottoló (o incrível moleque Pedro Henrique Goes Lima, filho 'na vida real' de bailarinos do Teatro) e um tutor (Flávio Leite), logo conhece o filho da dona da casa, Donato (Eduardo Amir surpreendentemente substituindo Paulo Szot que fez a estréia na França e na Itália) que é cego e por quem ela se apaixona. Mas como é ópera então ficamos sabendo que o marido de Golovin foi para a guerra e virou prisioneiro de um campo e que ela não pode se entregar ao amor já que a qualquer momento o marido pode dar as caras... e você acha que acontece o quê?

O Dueto entre Golovin (Nuccia Focile) e a Mãe (Eugenie Grunewald) no III Ato é puro Almodóvar, música e libreto! A mãe quer que a amante deixe o seu filho em paz e volte para os braços de seu marido e a amante diz que pode até pensar nisso. A música lembra um tango em que as duas mulheres duelam executando a cotidiana tarefa de desenrolar guardanapos, separar facas e dobrar toalhas de mesa... excelente!

Muitos destes achados cênicos devem-se a Vicent Boussard, diretor que valorizou, e muito, a pequena ópera de Menotti, não que a música em si não seja tocante mas a 'roupagem' moderníssima de Boussard 'engrandeceu' e deu um 'aplomb' que "Maria Golovin" não possui.
E olha que eu nem falei ainda nos figurinos de Christian Lacroix que são incrivelmente... decepcionantes, pasmem! Lacroix como figurinista é um ótimo estilista!!!
Na base de um 'ton-sur-ton' em cartela de cinza os figurinos fundem-se com o cenário CINZA transformando a cena em um 'mimetismo pós guerra' de enfastiar a vista!
Para honrar o nome a 'bee' cria um vestido para Golovin na última cena do último ato que é um escandalo de lindo, coisa de passarela mesmo, todo de ceda preto, bufante com o colo aberto. Pouco para quem é o 'papa' da moda!

...

Abertura do II Ato, natureza morta numa paisagem quente que aos poucos vai esfriando com o chegar da noite

Vista do magalomaníaco (e lindo!) cenário de Vicent Lemaire, 12 metros de altura sobrando realmente muito pouco para encostar no urdimento (teto do palco) do Teatro Amazonas

Visto por trás as imensas paredes parecem bem solidas, mas estas estruturas apoiam 'apenas' um emaranhado de treliças de madeira desmontáveis com compensados somente até a metade. Ao contrário do que possa parecer as "paredes frontais" não são paredes, é...

uma lona vinílica gigantesca, SEM EMENDA, pintada e esticada. Lição que prontamente aprendi: dura mais, não é preciso retoques em remontagens e é muito mais barato!

A única pessoa da equipe francesa que não veio foi o Iluminador e advinha para quem sobrou a tarefa de adaptar a luz para Manaus, pois é acertou! Não modifiquei muito o mapa original e mantive os efeitos do roteiro, lâmpadas florescentes já constavam na lista para dar uma luz mais homogênea ao cenário, obedeci 'à brasileira'.
Ao contrário da Europa e dos EUA infelizmente não possuímos no Brasil um sistema que 'dimerize' lâmpadas frias, no máximo conseguimos 'suavizar' o disparo quando acendemos. Como a base do espetáculo é 50% de florescentes e o Teatro Amazonas (aliás TODO o Norte do País!) tem uma oscilação de energia muito alta, imaginem como o diretor se estressou até entender tudo isso.
Bom, pra mim que usei mais de 300 (!) destas lâmpadas na produção brasileira histórica do "Anel do Nibelungo" foi fichinha, o pior foi ter de ouvir bem 'humilde' do francês como era "incrível aquele efeito" e a "importância da florescente no espetáculo!"
Pra cima de 'moi mon cherry'!!!!!

...

P.S.:
*Gian Carlo Menotti era gay e morreu aos 95 anos no ano passado. Era casado com um jovem bem, eu digo beeeeeemmm mais novo que ele e para que o rapaz não tivesse problemas com herança adotou o jovem como filho e deixou absolutamente tudo para ele, inclusive os direitos autorais de toda a sua obra! Só isso já dá uma ópera, alguém escreve por favor!
Arrasou! E como diz um amigo meu: 'tá babado fía'!

CHUPA TRICOLOR!

Também fiquei 'passado' quando soube do resultado dos tricolores, mesmo assim 'grazie Imperatore', a culpa não foi sua!

Quando acabou a Ópera hoje meu assistente Moiséz Vasconcellos, sabendo da 'psicopatia tricolor do seu chefe' entra no ônibus e brada que o Fluminense havia derrotado o São Paulo por 3 x 1. Jurei, pasmo, que era uma brincadeira, não podia crer que o tricolor pudesse ter cometido esta estupidez tendo a vantagem no jogo. Sim, aconteceu.
Assistindo alguns melhores/piores momentos agora no hotel vejo que nem o solitário gol do "Imperador" Adriano (infelizmente viu-se desperdiçado seu empréstimo já que logo logo ele sairá) foi capaz de levantar o time que mais uma vez perde para um time nacional em fase importantíssima da Libertadores. Ainda estou entalado com o Grêmio pelo ano passado!

Washington, descontou no tricolor paulista seu jejum de oito jogos sem marcar gol!

Mérito do Fluminense em campanha surpreendente e inédita e mérito também do Renatão Gaúcho que amadurece a cada campeonato com serenidade e confiança.
Os dirigentes paulistas tricolores precisam enxergar que o time é uma máquina de fazer dinheiro e isso não é de hoje, mas já está na hora também de botar a mão nos bolsos e fazer um bom investimento em posições difíceis para o São Paulo. Será impossível manter Hernandes no time, por exemplo, e o que vai acontecer é que vão embolsar a grana do moleque e aceitar mais um jogador como 'troco' e enquanto isso...
Bom, já vimos está história centenas de vezes e a sorte é que o São Paulo é um time organizado, mas e aí, quem quer o Brasileirão? Eu quero é mais um Mundial!

E O QUE FOI AQUELE FRANGAÇO DO CENI????!!!!!!
E LOGO DO DODÔ, EX-TRICOLOR!!!!!!!!!!

A vitória é 'krasnaia'*

O 'Astro-Boy' Cristiano Ronaldo ativa os seus super-poderes e 'voa' para marcar o primeiro gol para o 'Diabo Vermelho'. Só esqueceu de ativá-los na cobrança ridícula de penalti!

Semana agitada para o Manchester (Diabo Vermelho) mal se 'recuperou' da vitória do Campeonato Inglês agora soma a taça da Liga dos Campeões da Europa pela sexta vez (deixando para trás novamente o 'meu' Liverpool com cinco vitórias) vencendo o Chelsea por 1 (6) x 1 (5) em plena Moscou.
E não é que o 'astro-boy' Cristiano Ronaldo quase passa de herói a vilão em menos de 2 horas, fez o único gol do time no tempo regulamentar e nas cobranças de penaltis achava que estava reencarnado Romário e desperdiçou a chance.
Tevez, Ballack, Carrick e o 'nosso' Belletti não deixaram passar a oportunidade das cobranças e marcaram primeiro para cada time, por falar em Ballack, não sei se são os meus olhos mas não é que o moço alemão que joga no Chelsea 'deu uma encorpada' desde a última Copa... huuummm gorgeous!

Sorry Ballack, não foi desta vez, um beijo pra você também, ah e vê se aproveita sua estadia em Moscou e dá um pulinho na 'maison' do Denis Simachev ("O" nome da moda russa) e refaz o guarda-roupa, juro que lhe cairá muito bem
...

*Krasnaia em russo significa Vermelho, e como me ensinou a minha professora de russo Aurora Bernardini depois de anos de regime comunista (cujas bandeiras encarnadas decoravam cada repartição pública) krasnaia também virou adjetivo para tudo o que é 'bonito'.
Portanto não seria errado eu dizer que Ballack é 'super-krasnaia', tá companheiro!

20 de mai de 2008

"Quero ficar no teu corpo feito..."

TATUAGEM... só quem têm entende os motivos que levam uma pessoa as últimas consequências com essa estranha atração. Esse livro recém lançado de David Cross reúne em fotos o 'melhor do pior e outras melhores' tattoos de diversos gêneros e estilos, mais do que um livro de tattoo você encontra aqui um painel das preocupações do ser humano... profundo?
Pois é para ser mesmo, quando você escolhe a sua própria pele para sinalizar para os outros quem é você, do que você gosta e qual a sua tribo nada mais profundo em saber as preocupações do jovem recém tatuado de hoje em dia.

Com as quedas das Torres Gêmeas a multidão de gente querendo homenagear vítimas ou simplesmente deixar marcado no corpo para não esquecer este acontecimento foi tamanha que estúdios de tatuagem americanos não deram conta da demanda.
No livro de David Cross você encontra um fã que tatuou o rosto de Britney Spears na sua pior fase, quando num ataque de fúria (e careca!) gritava para os paparazis que a cercavam. O que essa pessoa quer dizer... não sei, mas é um sinal também para os amigos mais próximos de que algo não vai bem, assim como não vai bem também um adolescente que resolve tatuar um fuzil no peito e uma granada nos pulsos, é como se ele estivesse nos dando um sinal: "não diz que eu não avisei antes!"

Podemos fazer diversas leituras através das tatuagens de alguém só dou um conselho de graça:
JAMAIS pergunte para essa pessoa o significado da tatuagem que ela fez!!!
O significado é pessoal mas a sua leitura é universal. Saber o que motivou aquele cara/mina todo cool a fazer uma tatuagem pode te decepcionar, melhor ficar com a sua 'interpretação'.

E pra terminar, não importa NUNCA a sua opinião, quem têm uma tatuagem não a acha ridícula ou feia, foi um momento, uma lembrança, uma homenagem... e NÃO eu não me arrependi de nenhuma das minhas 15 tattos e em breve farei outras!
...

Se joga:
No Regrets/David Cross, importado, R$40,10

18 de mai de 2008

Zlatan

O jovem sueco, de apenas 27 primaveras, Zlatan Ibrahimovic deu ao Inter a vitória do Campeonato Italiano

Na semana passada falei da vitória do Manchester no Campeonato Inglês e hoje, óbvio, tenho de falar sobre o Campeonato Italiano que deu a taça ao Internazionale!
O nome do jogo foi o jogador, 'gorgeous', sueco de 27 anos Zlatan Ibrahimovic, amigo do "Imperador" Adriano, que já confessou sentir saudades do número 8, por outros motivos também sentiria realmente muuuuuita saudades do jovem Ibra!

Marcando os únicos dois gols da partida contra o Parma, que rebaixado vai cantar em outra freguesia, Ibrahimovic conquista também uma vitória pessoal após diversos problemas físicos (recentes cirurgias no abdômen e joelho) e cobrança de gols pela torcida.
Com contrato até 2010 vê agora a disputa do seu passe por 'gigantes' como Real Madrid mas declara 'tutto l'amore del mondo' ao Inter!

Então espera o teu amigo "Imperador" chegar querido já que será impossível mesmo prorrogar o empréstimo dele no tricolor paulista e por favor mantenha a sua promessa e continue no time senão o Internazionale será uma 'filial' brasileira na Europa; Júlio César, Maicon, Maxwell e César que o digam!

Posso cheirar a sua 'Vulva'?

Meu amor se você realmente está 'up to date' com o mundo fashion (eu não estava e só soube disto nesta semana. Castigo!), sabe que não pode sair de casa sem cheirar a "Vulva", não é mesmo?!
O 'hot delicius' Tom Ford lançou no final do ano passado a sua primeira fragrância para homens, Vulva, resolvendo assim o 'problema' dos bofes priápicos que não conseguem 'pensar em outra coisa'. Basta vaporizar Vulva pelo corpo e, claro, dar aquela passadinha no pé-da-orelha que parte dos seus desejos serão remediados.

O novo perfume altera também o comportamento das fofas que procuravam por marca de batom pelas camisas e lenços masculinos, agora quando elas desconfiarem dos seus homens eles podem responder que não é nada disso que elas estão pensando, é apenas o cheiro de Vulva!!!

Como Ford têm um público consumidor gay enorme sugiro a ele que o seu próximo perfume seja direcionado para esta 'ala', quem sabe com o nome de "Glande"/eau du parfum ou simplesmente algo mais fresh "Neca"/eau du toilette com fragrância de... bom deixa prá lá, vai que ele copia a minha idéia e eu não ganho nem um frasco!

Tira a "Vulva" deles! Aqui, o fofo do Ford (a esquerda 'pagando bundinha'), mais a vontade do que nas Páginas Amarelas da "Veja" da semana passada, com alguns 'amiguinhos' em foto by 'enfant terrible' Terry Richardson para a revista Out.

16 de mai de 2008

Fé 'quase' inabalável

'Sobrevivendo' aos destroços do ciclone que atingiu Mianmar nestes dias talvez este Buda não sobreviva a teimosia dos governantes militares que ainda recusam ajuda humanitária vindas de toda parte do mundo.
Faça seu mantra e pense positivo então!





Om Mani Peme Hum

"Bimbo na gorduchinha!!!

E por falar em 'pesos pesados' não é que 'el gordito' Cabañas (aquele que foi 'patolado' e tascou um 'fake-kiss' num companheiro lembram-se?) destruiu as chances do Leão 'urrar' no jogo de volta também das Libertadores!
O 'bimbo' marcou os dois gols da vitória do América mexicano sobre o Santos e deu um baile no Fabão no segundo gol, ganhando uma corrida (!) e cruzando para o gol deixando o zagueiro com os bofes de fora. Imagina se Cabañas estivesse em forma hein... wall!!

O 'professor' é quem manda!

"Il Imperatore" têm motivos de sobra para estar feliz, salvou o SPFC contra o Fluminense no primeiro confronto das quartas de final da Libertadores e agora está na lista dos convocados de Dunga.
Melhor assim, já que Ronaldo não faz mais sombra e o Ronaldinho Gaúcho não está nos seus melhores dias eliminando aquele esquema 'bate-cabeça' na linha de frente.
Vamos ver agora quem começa jogando e se enquadra na tática do treinador, se o 'peso-pesado' Adriano, o 'peso-ligeiro' Luis Fabiano ou o 'peso leve' Pato?!

1001

Isso é o que eu chamo de 'mensagem subliminar'!!! ahauahuahauah, Carlinhos Moreno é o homem de um personagem só mais versátil que eu conheço, a campanha 'oportunista' desta semana "Não leve gato por lebre" é mais uma pérola da publicidade brasileira!
Eu me 'confundo' com a morena, e você?! kkkkkkkkkkk

14 de mai de 2008

And the 'Tony' goes to...

Paulo Szot... calma, calma amigos mas não é impossível que isso aconteça! No final da semana passada sairam as indicações para diversos prêmios importantes da temporada musical e teatral nos EUA e Paulo Szot foi indicado a 4 e já faturou pelo menos 1, o de Melhor Ator em Musical dado pelo "Outer Critics Circle Award" por sua atuação em "South Pacific".

As outras indicações e os resultados são:
- Tony Award: dia 15 de junho
- Drama Desk Award: 18 de maio
- Drama League Award: 16 de maio

Todo o 'jet set' do pequeno 'mondo' está em cima de Szot, depois de ganhar novos fãs do quilate de David Beckhan, Nicole Kidman e Gisele Bündchen os estilistas mais descolados do planeta simplesmente a-m-a-m o 'nosso' querido brasileiro!
Não bastasse ter sido 'vestido' por Lacroix na ópera "Maria Golovin", produção francesa que estamos estreando aqui em Manaus no Festival de Ópera, Paulo foi convidado por Valentino, em 'petit comité', para um jantar em comemoração do aniversário do 'capo di tutti' da alta costura. Outro que também reverenciou Szot foi o descolado Tom Ford e pelo andar da carruagem a lista de celebridades será longa e estrelada!

Resta cruzar os nossos dedos e torcer por ele, o Paulo merece!

Pai do "P.Q.P" (Problemas Que Perpetuam)

Os caminhos tortuosos da pasta do Meio Ambiente levaram a Ministra Marina Silva a pedir demissão, alguém conhece um 'atalho' melhor?

O presidente Lula é engraçado, primeiro para 'bombar a popularidade' da ministra Dilma Rousseff intitula-a "Mãe do PAC", depois sabendo da iminente carta de demissão da (ex) ministra Marina Silva do Meio Ambiente vem com seu instinto 'paterno' e a proclama "Mãe do PAS/Plano Amazônia Sustentável", isso depois de desprestigiar Marina aqui mesmo no Amazonas na semana passada entregando o PAS ao SEALOPRA do Mangabeira Unger.

Unger aliás não se fez de rogado e bem disse a que veio com esse Ministério de Assuntos Estratégicos, cortar o mal pela raiz nas pastas em que Lula têm conflitos.
Desde o lançamento do PAC o Ministério do Meio Ambiente têm sido mais rigoroso do que o normal com tantos 'projetos urgentes' sem um estudo aprofundado sobre as causas e efeitos com as suas realizações, resultado: hidrelétricas milionárias, estradas quilométricas e centenas de desapropriações custosas ao meio ambiente ficaram literalmente 'empacadas' na pasta da ex Ministra frustrando o espetaculoso anúncio presidencial.

Leio agora que o presidente ficou 'indignado com o alarde' da demissão de Marina. Como assim? Devia ficar feliz, agora todos os seus projetos sairão do papel (se é que realmente sairá) bem mais rápido, não era isso o que ele tanto queria?

13 de mai de 2008

Next!

Agora que ouvi até enjoar te digo uma coisa "Hard Candy" é chato! Mas eu ainda amo a Madonna e vou ouvir este último álbum até ter uma crise de diabetes!!!
É o seguinte, esses megas produtores tipo Timbaland deixam absolutamente tudo pasteurizado e sem identidade e a nossa 'über madrinha' caiu direitinho na onda dos caras.

Quem sabe foi mesmo uma jogada de mestre, já que esta é a sua última obrigação contratual com a Warner (com quem tem pendengas judiciarias para resolver), ela resolveu dar 'doces a plebe' e nos enjôou com 12 canções que elevam o teor glicêmico de qualquer terráqueo!

Começa que qualquer 'timbalete' poderia gravar este álbum, você ouve "4 minutes" e acredita que está ouvindo Nelly Furtado, "Give it 2 Me" é 'puro' Gwen Stephany, consigo até imaginar a coreografia que Rihanna faria com "Heartbeat", já a faixa título "Hardy Candy" poderia ser gravada pela 'madonna australiana' Kylie Minogue sem prejuizo nenhum, aliás justiça seja feita, Minogue não faz parte desta 'tchurma' e é muito melhor do que qualquer uma delas!

E não é que "A" madrinha teve a coragem de imitar a si mesmo na maior cara de pau?!!
Ou vão me dizer que "Spanish Lesson" não é uma versão anódina do 'clássico' "La Isla Bonita"?!
Amor, aprenda com a sua querida Missy Elliott! Não importa quantos MCs 'dão close' nos seus álbuns (e são muitos) tudo sempre tem a cara de Missy Elliot. Isso sem falar na sua amiga Björk...hummm deixa pra lá esse é um caso perdido.

Tá bom Madonna desta vez passa hein... mas da próxima não aceito nada inferior aos tops "Ray of Light" e "Music"

Memórias da minha infância: o que vem por aí

Li por aí que até 2010 uma enxurrada de filmes de 'gibis' ganharão as telas: "Thor", "Capitão América", "Os Vingadores", "Mulher Maravilha" (já em fevereiro!) e continuações do "Homem Aranha", "Homem de Ferro", "Batman" (logo logo) e quem sabe "Super Homem".
Para completar a sessão nostalgia dos 70 faltou "Namor, o Príncipe Submarino" e também alguém que valorize mais as 'minas', e aproveitando o sucesso de "Speed Racer", faça uma adaptação de outro clássico 'japa': "A Princesa e o Cavaleiro", o primeiro desenho lésbico que assisti na vida e que me perturbava bastante.

Achava essa tal de princesa Safiri disfarçada de príncipe e com dois corações, um azul e um rosa (!!!) beeeemmm moderna para minha cabeça na época. Nossa esses anos 70 foram incríveis mesmo!

Kevin McKidd (acima) da série "Roma" está cotadíssimo para o papel de "Thor". Agora que dê a 'primeira martelada' aquele que não surrupiou com a caixa de ferramentas do pai, roubando o martelo, e saiu pelo quintal gritando a plenos pulmões...

... PODEROOOOSO THOOOOOOR!!! Oops I did it again!

P.S.:
Um dos melhores sites para cinéfilos e fuxiqueiros de plantão é o "Omelete", delicie-se aqui!

Memórias da minha infância: Homem de Ferro

Robert Downey Jr. na armadura hype do "Iron Man", não importa o que ele faça sempre estará se superando das maluquices que já aprontou

Tá bom, você já sabe de toda esta história sobre o Downey Jr. e de como, num caso de superação, ele sacudiu a poeira e saiu na frente de vários astros, até mais carismáticos do que ele, para encarnar o "Homem de Ferro". Poupo vocês então dos desdobramentos desta história.
O filme é bem bacana, divertido e agrada a quem, como eu, acompanhava o desenho na infância.

Tempos atrás assisti num desses canais tipo 'cartoon' esses desenhos que me seguravam em casa a tarde toda no auge dos anos 70, fiquei surpreso e um pouco desapontado quando vi que, os desenhos não tinham movimento!
Como não percebi isto antes? Eram uma sequência de quadrinhos estáticos mas que na minha tenra idade 'tudo era divino maravilhoso'. O vilão que atormentava o herói era o Mandarim e juro que eu me assustava com aqueles movimentos toscos e robóticos de bocas e olhos!

O filme surpreende (principalmente por eles terem aceito) também no cast tendo como coadjuvantes, a oscarizada Gwyneth Paltrow, como assistente do herói e o 'nominated' Terrence Howards como um oficial da sua confiança. Howards você sabe é um puta ator e eu já falei dele aqui na sua estréia na Broadway.
O diretor nem eu nem você conhecemos mas isso não faz a menor diferença já que este é um filme de 'management' e simplesmente têm de dar certo. E deu!
Se você gosta do gênero vai se divertir.

12 de mai de 2008

Memórias da minha infância: Speed Racer

Speed Racer! Simplesmente a-d-o-r-o este personagem, torcia para que antes das 'cenas do próximo episódio' Speed descobrisse que o corredor X era o seu irmão, obviamente isso nunca acontecia e o misterioso X sempre salvava o mano de enrascadas perigosas.
Na inocência da minha infância achava lindo e fraterno aquela amizade, claro que eu desconhecia o termo 'incesto homoerótico' e para não ficar pensando só 'naquilo' achava divertidíssimo os 'coadjuvantes' Gorducho e Zequinha.
Daí vem o(s) diretor(es) que menos gosto é faz o filme que eu mais esperava! Hummmm.... preferia que fosse diferente. Mas não dá nem pra exigir outra coisa tendo os 'hiper-pós-realistas' irmãos Wachowski, então como costumo dizer: "foi o que deu pra fazer."

Meu amigo, é tanta cor, tanta cor mas tanta cor que você sai do cinema enxergando tudo preto e branco depois de tanta, tanta, tanta saturação!!!
O excelente Emile Hirsch (acima)que já é o meu jovem ator preferido, depois do deslumbrante e injustiçado "Into the Wild", é 'coadjuvante de chroma key', sabe né, aquele fundo azul para efeitos, no mesmo estado está o 'seu irmão' corredor X, o hot, hot, hot, Matthew Fox (que eu nunca tinha ouvido falar até então já que não assisto "Lost") que por sorte tem também 'outros' atrativos para nos entreter, se é que você me entende!

Alguém pode me explicar porque eu nunca tinha ouvido falar neste moço aí de cima transformado agora no corredor X, aqui embaixo?!


Christina Ricci é a única que parece se divertir mais do que todos encarnando a 'maria-gasolina' da Trixie, sua 'grande frase' quando vê Speed depois de um 'banho de loja' é hilário, algo como: "oba, oba, oba!"
Ao menos neste filme os olhos/olhar de Susan Sarandon não fizeram nenhuma falta e sabemos que além que 'quitar o condomínio do ano' sua presença serve apenas para deixar o filme mais 'cult'.
Agora pra mim o que valeu mesmo foram os impagáveis Gorducho e Zequinha. O moleque é Paulie Litt e desde já merece uma indicação ao Oscar como coadjuvante, pra dizer a verdade ele leva o filme inteiro nas costas e olha que contracenar com chimpanzé não é mole não, lembram do pobre do Tarzan e a sua Chita!!!

Gorducho (Paulie Litt) e seu 'amiguinho' Zequinha, melhores até do que o original!
...

P.S.:
Em São Paulo há dezenas de lojinhas especializadas em HQs, posters e quinquilharias pop, moro próximo de várias, tem uma no começo da rua Martins Fontes que eu já joguei uma catiça para o dono falir (acho que infelizmente não pegou já que ele possui ao menos outras 4 do gênero), sabe porque? O cara se recusou a me vender um 'display' tamanho natural do Speed Racer de corpo inteiro! Diz que é para decorar a loja, e olha que eu já ofereci até Mil Reais pro cara!!!! Aquele display ainda será meu, um dia eu conto pra vocês, enquanto isso brinco com as minhas três miniaturas do Match 5 escondidas, evidentemente, do meu sobrinho!

11 de mai de 2008

I had a dream with Saulo Melo!

O número 4 da "Junior" já está nas bancas e o modelo Saulo Melo já é "O Homem do Semestre", duvido que alguém possa lhe roubar este título por estes meses em publicações brasileiras! Capa da revista e modelão no editorial "Verão no Inverno" o cara é hipnotizante e faz com que esta edição vire a sua 'revista-de-travesseiro' do mês!
O corpo, os traços, o olhar e o belo nariz deste jovem rapaz pertubam e incomodam até o mais convicto 'straight guy', não duvidem!!!
E 'a César o que é de César' excelente fotos de Fernando Torquatto, estilo de Maria Torquatto e beleza de Ricardo Tavares. Saulo Melo é da agência "40 Graus", nome que faz jus a temperatura em que nos deixa o moço!

"Junior" traz também uma ótima matéria de Gilberto Scofield Jr. direto da China contando sobre a dura vida dos gays por lá. Gilberto escrevia na saudosa "Sui Generis", revista aliás que abriu caminho para "Junior", "Dom" e quem mais vier. Antes destas tinha a não 'exclusivamente' gay "Around" que depois mudou de nome e 'morreu' como "A-Z", comentadíssima no 'mundinho'.

Legal também que o sempre comentado e linkado por aqui Tony Goes ganhe o status de colaborador da Revista, Tony é inteligente, articuladíssimo e tem uma escrita única e bem humorada, basta ler os seus posts aqui para se ter uma idéia da identificação imediata que ele causa no publico gay.
Ah, têm também um justo perfil com os queridos do Ritz, "o" bar, "o" point da cidade e só sabe quem passou por lá!

Mas como estava dizendo no começo, guarde este nome e durma se for capaz:
Saulo Melo Saulo Melo Saulo Melo Saulo Melo Saulo Melo Saulo Melo Saulo Melo Saulo Melo Saulo Melo Saulo Melo Saulo Melo Saulo Melo Saulo Melo Saulo Melo Saulo Melo Saulo Melo Saulo Melo Saulo Melo Saulo Melo Saulo Melo Saulo Melo...

Endiabrados!!!!

Parabéns Cristiano Ronaldo e um beijo pra você também!

Me perdoem os meus amigos líricos mas domingo pra mim é dia dos três "Fs": F1, Futebol e Farofa da Mamma!
Como há 10 anos não passo o Dia das Mães com minha 'madresita' me resta a companhia do esporte pelas tvs dos hotéis. E olha que hoje foi emocionante assistir ao final do Campeonato Inglês com o 17º título entregue ao Manchester (devo confessar que no Inglês eu sou Liverpool, 18 vezes já campeão, agora 'encoxados pelos diabos'!) que venceu o Wigan por 2 x 0.
Os "Diabos Vermelhos" têm a sorte de contar no mesmo time com o 'über' Cristiano Ronaldo (31 gols em todo o Campeonato e que abriu o placar deste domingo com gol de penalti!) e o 'ogro' Tevez que fizerem a diferença nesta temporada.

É isso aí, depois eu falo do Campeonato Alemão, Italiano, Espanhol...

"Bimbo" mesmo! (ou: os gordos também amam)

Tá bom, começou o "Brasileirão" e o SPFC perdeu pro Grêmio, who cares? (conversa de perdedores, jejejejej). Fiquei pasmo mesmo foi com a polêmica tardia (já que lá pelo México está esfriando, aproveitando que o time está boicotando a imprensa) do beijo e da 'patolada' entre o 'gordito' Cabañas e Villa do América mexicano.

Quem é flamenguista doente conhece este paraguaio(acima) que joga no México e tem o maior salário do time, cerca de US$ 120 mil por mês, já que foi ele o principal responsável por enterrar o Mengão nas oitavas-de-final da Libertadores em pleno Maracanã marcando 2 dos 3 x O!
Segundo artilheiro do mundo em 2007 e eleito o maior jogador das Américas, pelo "El País", Cabañas pode se dar ao luxo de ser 'levemente' rechonchudo que ninguém está nem aí, sua resposta é em campo.
Resta saber agora como andará o seu 'lado psicológico' depois das demonstrações públicas de afeto com seu companheiro Germán Villa (direita), que é 'tre rustique' vamos combinar.
Eu acho que a culpa é dos dirigentes que arrumam um patrocinador deste para desfilar nas camisas dos jogadores: "Bimbo"!!! Ai, ai, ai

Veja o vídeo abaixo:

10 de mai de 2008

Somente para 'as bravas'!

Na minha busca em descobrir novos talentos para vocês amigos vizinhos, venho por meio desta apresentar-lhes o 'estouro' do jovem Edilson Nascimento, sim, quase um 'Pelé' como vocês podem ver!
É assim que ele aparece no site "Hunk du Jour" que não é recomendável para 'tias' cardíacas e muito menos para quem não tem nada para fazer numa madrugada de sexta-feira à noite num hotel perdido no meio da selva... 'oops I did it again'! hehehehehe