3 de jul de 2008

Se não fosse o quase...

A vitória do LDU nesta madrugada nos penaltis contra o Fluminense foi digno de uma batalha romana, ainda mais vendo o Maracanã lotado com as cores tricolor. Vamos combinar que ambas as equipes foram toscas e amadoras nas cobranças de penalti, teria sido o cansaço? Quero acreditar que sim.
Agora devo confessar uma coisa: "na hora dos penaltis eu desliguei a tv!", soube depois pela internet e revendo os lances. Fico extremamente tenso, nervoso, meu coração dispara não importa quem esteja jogando. Recentemente numa Copa o Brasil foi para os penaltis e eu fiz a mesma coisa, desliguei a tv e fui caminhar, soube depois que venceu pelos sons dos fogos de artifício, aliás, o Brasil.
Sei lá, vai ver eu sou um 'futebolista emo'!

...

P.S.:
Meus cumprimentos ao Renatão Gaúcho, o maior vencedor nesta campanha inédita pelo Fluminense. Parabéns também ao Washington, juro que não queria estar na sua pele pelos próximos dias, a visão do goleiro adversário defendendo seu penalti deve acompanhá-lo por um bom tempo. A vida é assim querido, você encheu de alegria o seu time quando praticamente sozinho desclassificou o meu São Paulo e hoje...
Ah, parabéns também ao LDU, afinal...

Nenhum comentário: