28 de ago de 2008

Você também pensa assim?

Fico feliz quando descubro que alguém que admiro compartilha das mesmas opiniões que as minhas.
Ao ler hoje a Coluna do Contardo Calligaris na "Folha", "Olimpíada e diários de guerra" vi que não precisava me sentir rabugento e sozinho, quando publiquei o post "Ouro del Cielo" dias atrás, eu disse:
- "Para continuar na linha de frente dos melhores do mundo César Cielo continuará competindo e estudando em universidades estrangeiras e faz muito bem, aliás acho errado dizer que ele "deu o primeiro ouro ao Brasil" neste nosso ufanismo egoísta, essa medalha é única e exclusivamente dele e de sua equipe americana, mérito próprio que jamais tirará o brilho deste lindo paulista emocionado."

Hoje Calligaris reiterou o que eu também penso e também sinto:
- "O ouro, a prata, o bronze (e a simples presença na Olimpíada), para mim, são dos atletas - só deles. Não me sinto honrado por pertencer à nação que eles representariam. O que me comove é o gesto deles, não o hino nacional que toca quando sobem no pódio.
(...) A performance dos atletas é um exercício de clareza e de controle de si. Certo, para a maioria, o caminho até lá é uma gincana de sacrifícios, conflitos familiares, dramas íntimos e buscas de patrocínio."

Nenhum comentário: