27 de jan de 2009

Afastem os guardanapos de papel do 'velho comunista'!

"A praça que eu proponho faz falta a Brasília. Toda cidade tem uma praça importante onde o povo chega e não esquece mais. Essa é a praça que vou continuar defendendo".
A frase (em matéria da FolhaOnline de hoje) acima é do centenário arquiteto comunista Oscar Niemeyer em defesa de uma obra monumental (praça e obelisco) para comemorar os 50 anos da cidade de Brasília. Uma enquete feita pelo jornal "Correio Brasiliense" dá conta que a maioria dos entrevistados é contra a obra. Há lucidez no Brasil!
O mesmo Niemeyer que não permite uma árvore sequer no cemitério de concreto que é o Memorial da América Latina/SP se 'sensibilizou' com a falta de verde no Eixo Monumental e pimba, tascou um projeto caríssimo e personalíssimo ignorando seu parceiro na criação do DF cinquenta anos atrás, Lucio Costa, a quem aliás faz uma desfeita.

O velho comunista não tem jeito mesmo, recentemente 'absolveu' Stálin numa interpretação 'torta' do livro de Simon Montefiore "O Jovem Stálin". Leram o livro? Eu li, assim como também "A Corte do Czar Vermelho" do mesmo autor e as biografias escritas pelos 'sérios' Isaac Deutscher e outros dois volumes por Dmitri Volkogov e lhes digo ali pode ter de tudo um pouco MENOS uma frase que seja que ignore toda a carnificina 'assinada com rigor' pelo russo. O velho comunista chegou naquela idade em que pode tudo, até mesmo tentar mudar os rumos da história.

Seus 'esboços de guardanapo de papel' sempre dão dor de cabeça à dirigentes, empresários e governantes que ora visitam o mestre, ora o recebem para justas (algumas) homenagens. Para estes aconselho: deixem longe os guardanapos e canetas nas visitas ou podem acabar com um 'elefante branco' nas mãos!

11 comentários:

Henrique Hemidio disse...

Pode crer!
O comuna viajou nessa...

Sandra disse...

Aposto que haveria uma única árvore, estilizada, em concreto, nessa caríssima obra.

viralata disse...

nem me diz gente, esse véio me irrita horrores!kkkkkkkk
bjs

Gerald Thomas disse...

Nier,,,quem? Alguem merece trabalhar no SESC Copacabana????? Alguem merece morar num predio do Nier quem?????
LOVE
saudades
Gerald

viralata disse...

haushauhsusa!!! ninguém merece mesmo!!!! kkkkkkkkkkk,
saudades mesmo, beijo amor!

Penetralia disse...

Oi, Caetano. Gostei muito desse esboço de papel que vc colocou aí. Nem tudo o que dizem de Stálin é verdade, existe muita polêmica...

Como é que vai a Opera H de Hemingway? Tem notícias?

Abs do Lúcio jr

viralata disse...

kkkkkkkkkk, sei "polêmica" é a palavra!
Terei notícias de "H" em breve!
Abs querido

Penetralia disse...

Jóia, obrigado!

Vc tá lendo tanto sobre o homem, vc acabar virando um stalinista, hein?

Cuidado ao caçar os monstros, pois quando olhamos o abismo, ele nos olha também...

Abs Lúcio Jr

viralata disse...

terei cuidado, vc tem razão! mais do que caçar quero entender, essas 'cabeças' me fascinam! hummm tema para a próxima terapia, heheheh
abs

Penetralia disse...

Oi, Caetano, o Stálin é uma preparação para o Lênin da peça do Stoppard? KKK

O Francis ia gostar dessas suas leituras. Ele curtia Deutscher de montão. O problema de ler sobre Stálin é que o Trotsky acaba diminuindo diante de nós. Ele é bom crítico de arte, surgiu para o Francis assim, via Pedrosa...

abs do Lúcio Jr.

viralata disse...

Lúcio, vou te dizer uma coisa: esses 'totalitários' russos fazem parte da minha educação cultural e artística desde os 18 anos quando comecei a fazer teatro amador e estudar todo o 'legado teatral' deixado como patrimônio para nós artistas. Daí para um encantamento (e influência) direto pelo encenador russo Meyerhold (executado por Stálin) foi um pulo. Anos depois dirijo uma ópera de Shostakovitch (ópera aliás mutilada e depois proibida a mando de Stálin, que se viu ridiculamente representado), neste ano dirijo "Travesties" que traz para a cena, dentre outros, o próprio Lênin. Também ilumino para William Pereira "Masterclass" que entre outros, põe em cena quem? STALIN!!! hehehehehe
Leio tudo que me cai nas mãos sobre esses 'camaradas' desde os 18! Imagina as versões, aversões, verdades e inverdades diversas que já li! E vem mais 'russarada' por aí, me aguarde, até 2012 fecho a minha trilogia russa operística, te digo mais depois.
Até aula de russo já fiz, ou seja, vamos dizer que estou sintonizado com o 'politburo' ligado por uma estranha atração!
abs querido