8 de abr de 2009

Primeiro Sinal: "Sansão e Dalila" em Manaus

O maestro Luiz Fernando Malheiro e o diretor cênico espanhol Emilio Sagi, no palco do teatro Amazonas durante ensaio, foto by Viralata

Pois bem, os ensaios da nova produção de "Sansão e Dalila", que abre o XIII FAO deste ano estão a todo vapor! O maestro Luiz Fernando Malheiro e o 'metteur-en-scène' Emilio Sagi estão no comando desta que será a mais internacional produção do Festival desde a histórica tetralogia wagneriana produzida por aqui!
Cantores destacados mundialmente e com sólida carreira internacional (Nancy Fabiola-Herrera, Michael Hendrick, Jérôme Varnier e Jean Philippe Lafond) mais alguns brasileiros em ascensão (Sávio Sperandio entre eles) estão na cidade deste o começo da semana ainda se acostumando com o sol, a chuva, o ar condicionado e o ritmo dos ensaios.

Já disse aqui que Emilio Sagi estava em Paris dirigindo uma estréia mundial de "Die Fenn" de Wagner, e veio direto do Théâtre du Châtelet para o Teatro Amazonas. A crítica de sua produção francesa saiu na semana passada no "NYTimes" e foi 'warmly recommended' (recomendada calorosamente) pelo jornal. Emílio também se saiu bem na 'mise-en-scène' onde seus 'toques criativos' foram bem destacados pela crítica, numa produção extremamente onírica com requintes 'kitsh' levados ao extremo.
A crítica na íntegra você lê aqui:
http://www.nytimes.com/2009/04/01/arts/01iht-loomis.html?scp=4&sq=emilio%20sagi&st=cse
...

P.S.: A única nota dissonante até agora foi o cancelamento de dois títulos ("Le Cid" e "Diálogo das Carmelitas") por falta de dinheiro, respeito, atenção de entidades governamentais para com um Festival tão importante, lentidão com todo o processo deste evento entitulado "França no Brasil", e muitos 'etc' que em breve, de 'cuca fresca' eu falarei.

3 comentários:

Glorinha disse...

Caetano...bom saber o que está rolando por ai...
força pra vcs!!!
[[[]]]

viralata disse...

Obrigado Glorinha, precisaremos!
Bjo

Igor Santana disse...

Se eu ja nao estivesse com passagens marcas para Porto Alegre e Rio de Janeiro, juro que irria a manaus na calada da noite so para ver essa opera!

pelo amor de maria cleyd me avsa se ela for transmitida ao vivo na net

beeeeijo e super bom festival!

saudades ;)