4 de jun de 2009

Tiananmen e a banalização da Guerra

Na Arte (Marquita Lister, foto by Herick Pereira) e...

...na Guerra (corajoso Anônimo, foto by Jeff Widener)

Durante os ensaios do primeiro ato de "Les Troyens", na famosa cena da chegada do cavalo em Tróia, a única imagem que me vinha a mente era a do massacre de Tienanmen, vinte anos atrás no centro de Pequim/China.
Não esqueço dos olhar da cantora Marquita Lister depois que lhe disse que esta imagem era a minha referência para a sua reação em cena; "oh, so sad!" disse ela com uma expressão de luto.

Pois aquela triste cena daquele corajoso homem desviando uma fileira de tanques de guerra faz parte da nossa 'memória da desgraça', assim como a pequena menina vietnamita correndo nua, o avião entrando dentro do WTC e tantos desfiles de horror que nos fazem gelar a espinha.
Muitos pagaram com suas próprias vidas para que muitos outros pudessem viver com a sombra do terror pairando por gerações e gerações. Massacres promovidos contra judeus, africanos, vietnamitas, coreanos, chineses, russos, japoneses, afegãos, cubanos, brasileiros e tantas outras raças infelizmente sempre existirá. O homem sempre dá provas de que não aprende absolutamente nada com a história repetindo a desgraça sempre com uma tragédia ainda maior.

Esta constatação foi o que me levou a dirigir "Les Troyens" como um espetáculo sobre o "Poder e a Guerra" e não apenas um épico sobre o "Destino", nos dois primeiros atos, ou "Amor & Vingança" nos três últimos.
Ou como eu poderia ignorar um 'concertato' cantado com impávido orgulho conclamando o povo às armas contra os africanos:

- "Armas! Armas! Marchem, troianos e tírios, por sobre essa horda imunda de africanos. Voem juntos para a vitória. Expulsemos para os desertos ardentes este númida perdido, como a areia que é levada pelos ventos! Que ele trema! É o deus Marte que se parece com vocês . É o filho de Vênus que os [nos] guia nos combates! Exterminem o negro exército, e que amanhã até bem longe seja proclamada a vergonha e a morte de Jarbas! Às armas! Às armas!"

Como já disse aqui, tive algumas 'baixas' no espetáculo por conta de coralistas religiosos que se recusaram a pisar no palco depois que souberam que na minha concepção haviam orixás, batuques e mitos africanos em cena. Não me surpreendi nenhum pouco que absolutamente NINGUÉM comentou ou se recusou a cantar algo hoje tão 'politicametne incorreto' para dizer o mínimo, ou sequer tenha questionado o por quê dos videos de massacres que eu sobrepus a esta cena.
A ignorância sobre a tragédia das guerras é terrível, mas o preconceito e a banalização da desgraça são bem piores. Tão piores que são motivos de sangrentos confrontos mundo à fora!

Mais uma vez é a GUERRA que me dá o 'leitmotiv' para pensar o nosso futuro e mais uma vez soarão como 'ecos surdos' as previsões de Cassandra.
Que os 20 anos do Massacre de Tiananmen sirva pelo menos para nos fazer refletir, mesmo que na tv esteja passando o massacre 'da vez'.
...

P.S. Meu primeiro compromisso depois que voltei de Manaus é a direção e iluminação do Concerto "L'Histoire du Soldat" de Stravinsky, uma alegoria sobre, adivinhem... OS HORRORES DA GUERRA.
Em breve contarei mais, mas já fica o serviço aqui ao lado na coluna "Próximos Projetos".

6 comentários:

Sandra disse...

"Como já disse aqui, tive algumas 'baixas' no espetáculo por conta de coralistas religiosos que se recusaram a pisar no palco depois que souberam que na minha concepção haviam orixás, batuques e mitos africanos em cena."

Que estranho... Quer dizer, a pessoa não precisa ser da mesma religião que o personagem.

viralata disse...

amor o ser humano é mesmo muito complicado!!!
bj

Pedrita disse...

eu tive muita vontade de ver esse espetáculo. é uma pena o preconceito a outras religiões. o fato de conviver com outra religião não é se converter. que religião é esse que não ama a todos iguais? beijos, pedrita

viralata disse...

Amor, desisti de tentar entender a intolerância a qualquer coisa que seja! simplesmente me afasto e vou ser feliz!!!!

Glorinha disse...

Caetano, bons ventos o trazem!!!
[[]]

viralata disse...

obrigado Glorinha!
bjao